22 Jun 2022 · 2 min read

Brasil ocupa 2º lugar em ranking global de adoção de NFTs

Pesquisa realizada pela consultoria Statista mostra que pelo menos cinco milhões de brasileiros já têm um NFT, correspondendo a 2,3% da população nacional. Em primeiro lugar no ranking global divulgado pela consultoria está a Tailândia, com 8% da população (aproximadamente com 5,6 milhões de pessoas). O Brasil ocupa a segunda posição. 

De acordo com o ranking da Statista, a alta adesão aos NFTs no Brasil, que ficou à frente de países como Estados Unidos, Alemanha, Canadá e China, tem relação com a popularidade dos games em blockchain, como o Axie Infinity, por exemplo.

Fonte: Statista

Outra pesquisa, essa da Chainalysis, mostra que até abril deste anos os tokens não fungíveis já movimentaram mais de R$ 144 bilhões, o equivalente a US$ 30 bilhões. No ano passado, o valor total foi de R$ 192 bilhões, ou US$ 40 bilhões. 

Nos últimos meses, dentre os NFTs mais caros comercializados, estão o The Merge, obra do artista Murat Pak; o The First 50000 Days; o PAK´s Clock NFT; e o Human One NFT. 

O mercado de NFTs

Cada NFT pode representar diversos itens, sejam eles físicos ou virtuais, dentro do blockchain. Seu uso se tornou amplamente reconhecido como uma forma de garantir a autenticidade e a exclusividade de determinada coisa. 

Em 2021, o mercado de NFTs chegou a rivalizar com o mercado de arte tradicional com uma capitalização de US$ 41 bilhões, faltando US$ 9 bilhões para que os NFTs alcançassem a arte digital, que tinha valor de mercado de US$ 50 milhões na época.

Até hoje, colecionáveis em NFT ainda são as principais forças por trás do crescimento do mercado, respondendo por 80% do volume negociado até o final de 2021. A ascensão do setor de games e o desenvolvimento de jogos no metaverso podem desencadear um processo de rebalanceamento do mercado.

O relatório da Statista prevê ainda que as receitas globais geradas por NFTs cresçam 439% até 2026, em relação a 2021.

--------

Leia mais:

Ucrânia arrecada mais de U$S 100 mil com a venda de NFT

TAG Heuer permitirá que usuários exibam NFTs em seus smartwatches