15 Jan 2022 · 2 min read

Crianças terão Aulas sobre Criptomoedas na Coreia do Sul

As crianças sul-coreanas em uma das maiores províncias do país aprenderão sobre criptomoedas nesta primavera, depois que a autoridade educacional local anunciou a disposição de incorporar mais educação financeira do “mundo real” no currículo escolar.

O novo ano acadêmico começa na Coreia do Sul em março, e antes do novo semestre, o Escritório de Educação de Gyeongbuk, na província de Gyeongsang do Norte (que representa quase 20% do tamanho da Coreia do Sul), circulou novos materiais educacionais para alunos do ensino fundamental e escolas de ensino médio da região – com foco principalmente nas realidades econômicas modernas. Mas parece que as criptomoedas não estarão no menu para alunos mais jovens – ou pelo menos ainda não.

Além de ensinar as crianças sobre “criptoativos e ativos digitais”, o meio de comunicação Newsis informou, os professores também serão instruídos a explicar conceitos como phishing de voz e questões relacionadas à privacidade digital. Aulas sobre esses assuntos serão adicionadas aos currículos de estudos sociais como um módulo opcional (eletivo) na primeira série do ensino médio, mas parecem ser obrigatórios para alunos da terceira série do ensino médio e alunos da primeira série do ensino médio.

O escritório acrescentou que forneceria aos professores treinamento sobre os assuntos ao longo de janeiro antes das mudanças. O meio de comunicação citou Bae Seong-ho, chefe de educação secundária do escritório, afirmando:

“Vamos fornecer educação econômica que ajudará os alunos a estabelecerem um conceito racional de economia e responder com flexibilidade aos tempos de mudança”.

Este não é o primeiro contato do sistema educacional sul-coreano com criptomoedas. Em 2020, o Cryptonews.com informou que um tipo de “criptomoeda” (não listada) seria a moeda nativa de uma nova plataforma educacional administrada pelo governo, destinada a ensinar jovens alunos sobre conceitos como “crowdfunding”.

Assuntos relacionados a criptomoedas e blockchain também estão se tornando mais comuns do que nunca nas universidades sul-coreanas. Em outros lugares do leste da Ásia, uma importante universidade de tecnologia chinesa, a Universidade de Tecnologia da Informação de Chengdu, está atualmente realizando um curso de graduação em Engenharia Blockchain, com o primeiro lote de alunos se formando em 2024.
____
Leia Mais:

- Como Ganhar Juros em Stablecoins: Um Guia para Iniciantes

- MetaMask irá Adicionar Suporte para NFTs