Comunidade Arbitrum apoia alocação de 200 milhões de ARB em desenvolvimento de jogos Web3

Gabriel Gomes
| 3 min read

Arbitrum

A comunidade Arbitrum demonstrou forte apoio a uma proposta de governança que visa alocar 200 milhões de tokens ARB para o desenvolvimento de jogos web3 na Camada 2 do Ethereum.

Os membros da comunidade mobilizaram 35 milhões de tokens ARB em favor da proposta do Gaming Catalyst Program (GCP). A proposta busca alocar US$ 250 milhões em ARB como incentivos para desenvolvedores de jogos nos próximos três anos.

Embora apenas 101.400 tokens ARB tenham sido mobilizados em oposição à proposta, um mínimo de 105,57 milhões de tokens ARB devem ser lançados como votos para que a proposta atinja o quórum.

O processo de votação começou neste último 24 de maio e está previsto para terminar em 7 de junho.

Proposta para ampliar a conscientização sobre o Arbitrum entre os jogadores


A proposta do GCP visa expandir o conhecimento e a adoção do Arbitrum/Orbit/Stylus entre desenvolvedores e jogadores da comunidade cripto.

Ela planeja conseguir isso oferecendo suporte, incentivos e ferramentas específicas para a indústria de jogos. Dessa maneira, estaria posicionando o Arbitrum como uma plataforma atraente para o desenvolvimento de jogos, de acordo com a proposta.

“Ao oferecer suporte, incentivos e ferramentas específicas para a indústria de jogos, o Arbitrum pode se posicionar como uma plataforma atraente para o desenvolvimento de jogos, levando a um aumento nas experiências de jogos de alta qualidade na rede.”

Anteriormente, em março, a proposta acabou aprovada com quase 97% de apoio em uma votação preliminar para “verificar a temperatura”.

O Arbitrum atualmente ocupa a posição de maior rede Ethereum Layer 2. Isso em termos de valor total bloqueado (TVL), com aproximadamente US$ 19,3 bilhões bloqueados, de acordo com a L2beat.

Além disso, ocupa o quinto lugar no espaço DeFi, com US$ 4,79 bilhões em valor total bloqueado, conforme relatado pelo DeFi Llama.

A proposta observou que a rede Arbitrum teve sucesso no setor de finanças descentralizadas (DeFi), mas reconheceu a necessidade de se estabelecer como um centro para jogadores e construtores de jogos.

“Vários L1s e L2s veem esta oportunidade (mais notavelmente Solana, Cardano, Opstack, Immutable, Optimism, para citar alguns) e estão se movendo para atrair os desenvolvedores com doações e investimentos.”

160 milhões de tokens ARB alocados para integração e crescimento


Sob o GCP, 160 milhões de tokens ARB acabariam alocados para “integração e crescimento”. Dessa forma, atraindo e apoiando editores, estúdios e desenvolvedores independentes que trabalham em títulos de jogos web3.

A proposta também inclui o estabelecimento do programa “Build Grants”, que forneceria 25 milhões de tokens ARB como subsídios para projetos em estágio inicial, com um limite de 500.000 tokens ARB por projeto.

Os 40 milhões de tokens ARB restantes acabariam alocados para o desenvolvimento de infraestrutura e ferramentas.

Para supervisionar o programa de incentivos, seria formado um conselho do GCP. Este seria, portanto, composto por profissionais de confiança com experiência em jogos, capital de risco, alocação de subsídios, tecnologia web3 e relações DAO.

Os membros do conselho seriam eleitos pelo DAO e não representariam candidatos ao GCP ou redes concorrentes.

O setor GameFi possui atualmente uma capitalização de mercado combinada de US$ 22,7 bilhões. Ademais, demonstrou um aumento de 144% em relação aos US$ 9,31 bilhões no final de outubro, isso de acordo com a CoinGecko.

É importante notar que as soluções de escalonamento da rede Ethereum e as soluções da camada 2 ainda não superaram outros blockchains da camada 1 em termos de velocidade real de processamento.

Isso pode acontecer devido ao menor número de transações on-chain nas soluções de escalonamento Ethereum, resultando em TPS realizado mais lentamente para essas blockchains.

Leia mais: