Bitcoin atinge US$ 60.000 com Expectativas no ETF

A criptomoeda mais popular, Bitcoin (BTC), subiu e atingiu a marca de US$ 60.000 pela primeira vez desde abril de 2021, conforme a Bloomberg informou que a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA está pronta para permitir que os primeiros ETFs de futuros de BTC comecem a negociar.

Em uma volátil manhã de sexta-feira (horário UTC), o BTC passou de US$ 57.300 para acima de US$ 60.000 em questão de horas. Ele disparou brevemente acima deste nível antes de corrigir para baixo. Às 05:55 UTC, o BTC é negociado a US$ 59.766 e tem alta de quase 3% em um dia e 11% em uma semana.  

Gráfico de preços BTC:

O regulador não deve impedir que os produtos comecem a ser comercializados na próxima semana, disse o relatório, citando pessoas que pediram para não serem identificadas. Quatro ETFs de Bitcoin lastreados em futuros podem começar a ser negociados nas bolsas dos EUA neste mês, com os prazos para aplicações da VanEck e Valkyrie também se aproximando, acrescentou.

Enquanto isso, na quinta-feira, o Escritório de Educação e Defesa do Investidor da SEC, pediu aos investidores que se certifiquem de "pesar cuidadosamente os riscos e benefícios potenciais" "antes de investir em um fundo que mantém contratos futuros de Bitcoin".

Este mês, a SEC já aprovou um ETF, trazido ao mercado pelo emissor de ETF Volt Equity, que visa investir em empresas que possuem a maioria de seus ativos em Bitcoin, ou derivam a maior parte de suas receitas de atividades relacionadas, incluindo a mineração de Bitcoin, fabricação de hardware de mineração ou serviços de empréstimo.

Conforme relatado, um ETF lastreado em futuros - conhecido como “Bitcoin de papel” - dificilmente teria muito impacto em termos de oferta disponível de Bitcoins reais. No entanto, esse ETF ainda pode ser útil, especialmente porque simplifica muitas coisas para investidores institucionais do ponto de vista regulatório e também torna a compra de Bitcoins como parte de uma carteira de investimentos existente "totalmente direta".

No entanto, alguns analistas alertam a comunidade de criptografia que ela pode estar superestimando quanta demanda existe para tal ETF. Por exemplo, a Bloomberg espera apenas cerca de US$ 4 bilhões de demanda nos primeiros 12 meses para o fundo negociado em bolsa. O valor representa apenas cerca de 1% da capitalização de mercado do Bitcoin e cerca de 3% de todos os futuros de Bitcoin negociados.

Além disso, conforme relatado, em uma carta recente aos investidores, Dan Morehead, CEO da firma de investimento em criptografia Pantera Capital, lembrou os leitores sobre o velho ditado de Wall Street: "compre o boato, venda o fato".

“Alguém poderia lembrar um dia antes do lançamento oficial do Bitcoin ETF? Posso querer tirar alguns tokens da mesa”, disse o CEO. 

____

Reações: