20 Jan 2023 · 4 min read

Bolsa de valores do Brasil (B3) e outras empresas investem 15 milhões em plataforma cripto

Mais um passo na jornada nem sempre tranquila das criptomoedas ao mainstream financeiro foi dado recentemente: a plataforma de criptomoedas Parfin concluiu uma rodada de investimentos que lhe trará um aporte de US$ 15 milhões de dólares, o que equivale a cerca de R$ 80 milhões de reais.

Os investidores incluem a Framework Ventures, uma empresa do setor de capital de risco do Vale do Silício que investe em empresas que lidam com criptoativos, e o L4 Venture Builder, um fundo criado no ano passado para investir em negócios com alto potencial de valorização que sejam do interesse da B3, a Bolsa de Valores do Brasil.

A B3, contudo, esclareceu que sua participação no aporte de capital na Parfin aguarda o sinal verde de autoridades brasileiras.

Parfin é mais uma empresa que oferece soluções cripto

A Parfin oferece soluções para que investidores institucionais latino-americanos possam reter, gerenciar e negociar criptoativos de uma maneira prática e segura.

Entre os serviços que a plataforma oferece a seus clientes, os quais incluem grandes fundos e empresas, estão a custódia de criptoativos com uso de tecnologia MPC e um portal para negociação desses ativos com base em API.

MPC, Multiparts Computation, o que pode ser traduzido por Computação de Várias Partes, é o nome de especialidade da criptografia que concerne à comunicação entre participantes de modo que eles possam manter a privacidade uns em relação aos outros.

Já API é a sigla em inglês para Application Programming, o que pode ser traduzido por Interface de Programação de Aplicações, um conjunto de mecanismos que permite que programas diferentes comuniquem-se e interajam entre si sem que precisem envolver-se no funcionamento um do outro.

Expectativas dos envolvidos é de grande crescimento para a Parfin

Segundo o site Livecoins, Jochen Mielke de Lima, que é CEO da B3 Digital Assets, empresa da B3 criada em 2022 para lidar com ativos digitais, e participou da decisão do L4 Venture Builder de investir na Parfin, afirmou que esta última é uma parceira excelente, que alia inovação à experiência de mercado.

Na opinião do CEO da Parfin, Marcos Viriato, que também é um de seus fundadores, os novos investimentos fortalecerão a posição da empresa para que ela possa continuar aperfeiçoando seus atuais produtos e desenvolvendo novos.

Os novos recursos, segundo Viriato, ajudarão a empresa a consolidar sua liderança de seu setor na América Latina e a acelerar a implementação de seus planos de expansão global.

Para Brando Potts, da Framework Ventures, a equipe da Parfin e sua tecnologia colocam a empresa em uma posição privilegiada para ser uma das pioneiras no surgimento de empresas web3 sob regulação estatal ligadas a criptoativos.

Em junho do ano passado, a Parfin anunciou haver entrado em uma parceria com a Vórtx QR Tokenizadora para fornecer a esta sua tecnologia de MPC, incrementando a segurança de suas operações.

Fruto de uma joint-venture entre a QR Capital, que atua no setor de criptoativos, e a Vórtx, empresa que fornece soluções de infraestrutura direcionadas ao mercado de capitais, a Vórtx QR Tokenizadora oferece tokens de valores mobiliários, entre os quais debêntures e cotas de fundos. As transações realizadas através dela ficam registradas em blockchain. Trata-se da primeira plataforma de seu tipo a contar com a supervisão da Comissão de Valores Mobiliários.

Atualmente, a Parfin tem sob sua custódia aproximadamente US$ 100 milhões de dólares em ativos, cerca de dois quintos dos quais através de sua oferta de Crypto as a Service (CaaS), uma solução baseada em API para que as empresas sejam capazes de disponibilizar criptoativos aos usuários finais, e o resto através de tokenização.

O sucesso da mais recente rodada de investimentos da Parfin parece ser um voto de confiança de importantes investidores nas possibilidades da generalização do uso de criptoativos e da integração deles às operações dos mercados de capitais.

------------------------------------

LEIA MAIS:

Genesis apresenta pedido de falência sob o Chapter 11 e promete pagar credores

As transações de Bitcoin sobem para uma alta de 21 meses – o que isso significa para o preço do BTC

----------------------------------