Coinbase, a maior exchange de criptos dos EUA, lançará carteira inteligente

Pedro Augusto
| 3 min read

coinbase

A principal plataforma de criptomoedas dos EUA, a Coinbase, anunciou hoje o lançamento de sua aguardada Smart Wallet (carteira inteligente). Este produto foi desenvolvido com o objetivo de diminuir as dificuldades para os novos usuários interessados em explorar o espaço DeFi.

Siddharth Coelho-Prabhu, diretor sênior de gerenciamento de produtos da Coinbase, destacou em uma publicação no blog da empresa que as Smart Wallets oferecem aos usuários a possibilidade de criar uma carteira gratuita, segura e de autocustódia em apenas alguns segundos.

Ele ressalta que essas carteiras facilitam o processo de integração, reduzem a quantidade de transações que precisam ser assinadas e permitem o uso integrado dos saldos da Coinbase.

Nova carteira inteligente da Coinbase promete revolucionar uso de DeFi para iniciantes


A Coinbase anunciou sua Smart Wallet pela primeira vez durante o evento ETHDenver em fevereiro. Esta nova ferramenta representa uma evolução em relação aos métodos convencionais de acesso aos serviços e aplicativos DeFi. Estes geralmente envolvem frases de recuperação e extensões.

Em vez disso, as Smart Wallets da Coinbase utilizam chaves de acesso padrão do setor e um portal web complementar, oferecendo suporte a várias redes importantes como Base, Ethereum, Optimism, Arbitrum, Polygon, Avalanche, BNB e Zora desde seu lançamento.

Essas carteiras foram desenvolvidas para superar os obstáculos enfrentados pelos usuários típicos de DeFi, especialmente os iniciantes, tornando a experiência menos complicada e mais acessível. Segundo Coelho-Prabhu, entrar na cadeia de blockchain até então tinha sido um processo lento, caro e complexo, com a necessidade de instalar separadamente aplicativos de carteira e blockchains de primeira geração.

Agora, com a Smart Wallet da Coinbase, os usuários podem configurar uma nova carteira utilizando Face ID, um perfil do Google Chrome, Yubikey ou até mesmo um recurso de desbloqueio por impressão digital.

Integrações facilitadas

Além disso, as Smart Wallets visam resolver a fragmentação do gerenciamento de saldos em múltiplas carteiras, facilitando a interação com uma variedade de aplicativos cripto. Os usuários poderão transferir fundos das contas da Coinbase ou do saldo de carteiras de autocustódia, simplificando transações em diversas plataformas.

A Coinbase também está incentivando desenvolvedores de criptomoedas a integrar a Smart Wallet em seus aplicativos, oferecendo até US$ 15.000 em créditos de taxas de gas através de uma campanha chamada Base Gasless e outros incentivos durante o verão.

Por fim, Coelho-Prabhu destaca que a integração da Smart Wallet é simples, requerendo apenas algumas linhas de código. Além disso, ela já é compatível com bibliotecas populares de códigos cripto.

coinbase

Coinbase enfrenta desafios de escala após crescimento acelerado


Uma característica inovadora das Carteiras Inteligentes é a possibilidade de realizar transações sem custos de gas por meio de “patrocínios paymaster”. Neles, desenvolvedores ou outras partes interessadas podem assumir as taxas de gas, permitindo que os usuários utilizem produtos ou serviços gratuitamente.

Essa funcionalidade, segundo Coelho-Prabhu, está alinhada com a visão da empresa de promover um futuro onde todos utilizem criptomoedas.

“As carteiras inteligentes representam um passo revolucionário em nossa jornada para atrair mais de 1 bilhão de usuários para a rede”, destacou ele.

O lançamento da Smart Wallet marca o início da campanha anual de recompensas “On-Chain Summer” da Coinbase.

Desde março, após o hard fork Dencun e a implementação do “proto danksharding”, a rede de escalonamento de segunda camada da empresa para Ethereum viu um aumento substancial no valor total bloqueado. Essa rede também se destacou como a mais lucrativa da camada L2, gerando mais de US$ 6 milhões em lucros no último mês.

Entretanto, a popularidade crescente da Base trouxe desafios de escala para esta conhecida exchange de criptomoedas americana. Como resultado, ela enfrentou vários problemas com transações falhas, especialmente em meio a tensões contínuas com a SEC.

Leia Mais: