Como comprar Bitcoin seguro na Espanha? Cinco opções para adicionar BTC

| 4 min read

A Espanha, como o resto da União Europeia (e o mundo), vive momentos de crise, com inflação, incerteza e medo. Com a crescente desconfiança em relação ao euro, os poupadores mudaram a forma como se protegem e muitos apostam em criptomoedas.

CryptoNews apresenta cinco opções para adicionar BTC com segurança na Espanha. Vale esclarecer que neles você terá que fornecer seus dados e confirmar sua identidade. Este procedimento chama-se KYC (Know Your Client in English), conceito para o qual também existe um guia.

De acordo com os regulamentos locais atuais, o Bitcoin não é regulamentado em território espanhol, embora seja necessário declará-lo perante a Administração Fiscal. É importante que os usuários sejam informados sobre seus direitos e a responsabilidade das entidades com as quais operam.

Binance

A plataforma de criptomoedas chinesa, atualmente sediada nas Ilhas Cayman e Seychelles, é a maior do mundo e há muito implementa uma forte estratégia de marketing na Espanha para continuar conquistando o mercado.

A Binance permite depositar euros de uma conta bancária e trocá-los por uma infinidade de moedas como Bitcoin, Ethereum ou outras fora do top 10. Há também a alternativa de fazer compras com cartão de crédito/débito ou operar em P2P.

O sistema ponto a ponto não é complicado: na aba de negociação P2P, um vendedor é escolhido, o dinheiro é transferido para ele e ele entrega a moeda escolhida na carteira virtual da bolsa. Caso queira vendê-lo, a operação é a mesma, mas ao contrário.

LocalBitcoins

A empresa P2P mais famosa do mundo está na Espanha. Você tem que imaginar o site como um mercado gigante no qual existem muitas ofertas e demandas: dependendo do que você está procurando e qual é a forma de pagamento, você terá que escolher a mais conveniente.

As transações entre usuários do LocalBitcoins são gratuitas, enquanto as comissões se aplicam para inserir ou retirar BTC da plataforma P2P, que também funciona como uma carteira virtual. O destaque: você pode comprar Bitcoin com saldo do PayPal, embora esse meio de pagamento seja geralmente o mais caro.

eToro

O eToro é uma excelente opção para quem tem interesse não só em investir em criptomoedas, mas também em outras ações: esta plataforma trabalha tanto com o mercado tradicional quanto com o digital.

A moeda utilizada é o dólar, pelo que cada rendimento com euros será convertido para a moeda norte-americana com a comissão correspondente. Há uma ampla gama de alternativas ao depositar/retirar: PayPal, cartões de crédito e débito e transferências bancárias.

Algumas das características que mais se destacam é a possibilidade de staking, que é semelhante à realização de um prazo fixo em um banco, e também Copy Trading. Esta função permite copiar os movimentos de outros usuários: se eles ganharem, você também ganha; no caso de perder, ambos perdem.

Crypto.com

Se se trata de grandes e poderosas exchanges com milhões de usuários, o Crypto.com não pode faltar. A empresa instalada em Hong Kong mas com um grande mercado nos Estados Unidos e na Europa permite compras com muitas variantes: PayPal, cartões de crédito e débito e transferências bancárias.

Uma de suas peculiaridades é seu próprio cartão de crédito VISA que entrega cashback. Que significa? Ao fazer compras com ele, você receberá bônus em criptomoedas apenas por usá-lo. Até agora sem custos de manutenção.

FTX

A FTX, plataforma lançada por Sam Bankman-Fried e Gary Wang, também aparece como uma boa alternativa para os investidores espanhóis, pois aceita o euro, que pode ser trocado diretamente por ativos digitais.

Tem um grande número de criptomoedas disponíveis, enquanto as comissões são baixas. Tanto na compra, venda e retirada. É o principal patrocinador da Mercedes, a equipe de Fórmula 1.

———-

Leia mais:

Mercado: ganhos de Bitcoin e Ethereum, Altcoins mostram sinais de baixa

Sete custodiantes de Bitcoin e criptomoedas que facilitam a adoção de ativos digitais