Donald Trump quer ser reconhecido como o “primeiro presidente americano pró-cripto”

Pedro Augusto
| 2 min read

donald trump

O ex-presidente Donald Trump tem sido chamado de “primeiro presidente pró-cripto dos Estados Unidos” desde seu primeiro ano no cargo, em 2017. A informação partiu de Chris Giancarlo, ex-comissário da CFTC (Comissão de Negociação de Contratos Futuros de Commodities). Segundo Giancarlo, essa designação surgiu quando sua administração aprovou a introdução de contratos futuros de Bitcoin.

A importância de Trump e a trajetória política das criptomoedas nas eleições dos EUA


Giancarlo, falando em um evento sobre políticas de criptomoedas em Washington DC na quarta-feira (15/05), destacou a suposta reputação de longa data de Trump na indústria cripto, conforme relatado pela Fox Business. Os comentários do ex-oficial vêm após Trump prometer, na semana passada, acabar com a hostilidade contra criptomoedas se for reeleito.

“Além de anunciar que agora está ‘de bem com isso’ — ou seja, com as criptomoedas — Trump pode justificar o título de ‘primeiro presidente pró-cripto da América'”, disse Giancarlo. “Isso porque, no primeiro ano da presidência de Trump, foram lançados os futuros de Bitcoin regulamentados.”

“O sucesso duradouro desse mercado de futuros regulamentado ajudou a garantir que a primeira commodity digital do mundo — o Bitcoin — fosse precificada em dólares americanos”, acrescentou. A Chicago Mercantile Exchange (CME) lançou sua negociação de futuros de Bitcoin em 2017, juntando-se à CBOE como uma das primeiras bolsas a oferecer esse novo instrumento financeiro.

O mandato de Trump como o 45º presidente dos EUA começou com sua posse em 20 de janeiro de 2017 e terminou em 20 de janeiro de 2021. Segundo Giancarlo, a criptomoeda não era um tema politizado em 2017. Na época, ele e outros comissários da CFTC eram “unidos em apoio à inovação regulatória”.

Mas agora, sete anos depois, as criptomoedas estão prestes a se tornar um ponto focal político pela primeira vez em uma eleição presidencial.

As mudanças de opinião de Donald Trump sobre criptomoedas


Antes de se tornar um defensor das criptomoedas, Trump fez críticas severas em julho de 2019. Ele as classificou como “não sendo dinheiro” e criticou sua volatilidade e falta de valor intrínseco. Além disso, Trump levantou preocupações sobre seu uso potencial em atividades criminosas, como o tráfico de drogas.

Alguns no setor estão preocupados com a postura de Biden em relação às criptomoedas, enquanto outros esperam por uma legislação favorável durante sua administração. Charles Hoskinson, fundador da Cardano, criticou Biden por prejudicar a indústria de criptomoedas, citando incertezas regulatórias. Por outro lado, Kyle Bligen, da Chamber of Progress, vê potencial para leis positivas sobre criptomoedas caso Biden seja reeleito.

Sob a administração Biden, a SEC e a CFTC têm disputado a jurisdição sobre a indústria de criptomoedas. O Congresso enfrenta dificuldades para criar uma legislação bipartidária que resolva a questão. Enquanto isso, os tribunais lutam para decidir se os ativos digitais devem ser considerados commodities ou valores mobiliários.

Leia Mais: