Elon Musk tuíta e Dogecoin cai: saiba porque

Source: AdobeStock / Igor Faun

 

A Dogecoin (DOGE) está lutando para manter seus ganhos de fim de semana, caindo após a última bomba de Elon Musk.

A popular moeda do meme teve um dia bom ontem, aumentando o valor depois que o CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, disse que continuaria apoiando e comprando a criptomoeda.

A certa altura, a 11ª moeda por capitalização de mercado subiu até 24%, passando de uma baixa diária de cerca de US$ 0,0501 para uma alta relativa de US$ 0,0622. No entanto, a moeda vem sendo negociada em baixa desde então.

Às 8:12 UTC da manhã de segunda-feira, o DOGE está sendo negociado a US$ 0,058. Ele subiu 5,4% no dia anterior e caiu 9% em uma semana. Também caiu 31% em um mês e 80% em um ano.

DOGE 24h:  coingecko.com

Até que Musk tuitou que "continuará apoiando o Dogecoin". Em resposta a um usuário que disse “continue comprando então”, Musk afirmou que sim.

Source: elonmusk / Twitter

A mais recente reiteração de Musk de seu apoio ao Dogecoin ocorre quando o bilionário foi processado em US$ 258 bilhões por aparentemente influenciar o preço do Dogecoin com seus tweets.

Apresentado pelo demandante Keith Johnson em Nova York, o processo acusa Musk e suas empresas, Tesla e SpaceX, de executar um “esquema de pirâmide” para inflar o preço da moeda do meme.

“[Musk, Tesla e SpaceX] estavam cientes desde 2019 de que a dogecoin não tinha valor, mas promoviam a dogecoin para lucrar com sua negociação. Musk usou seu pedestal como o homem mais rico do mundo para operar e manipular o esquema de pirâmide dogecoin para lucro, exposição e diversão", diz a denúncia.

Johnson pediu ao tribunal uma indenização de US$ 86 bilhões, além de “indenizações triplas de US$ 172 bilhões”.

____

Leia mais:

Bancor pausa mecanismo de proteção devido a 'condições hostis de mercado'

O credor 'DeFi' Solend vai para a caça de "baleias" e retrocede