Gucci anuncia parceria com Yuga Labs para projeto de metaverso, enquanto Metaverse Fashion Week ganha segunda edição

Sead Fadilpašić
| 4 min read
A digital ape hand holds a small bottle bearing the Gucci logo.

A marca de moda de luxo Gucci anunciou planos de aprofundar-se ainda mais na Web3 e nos mundos metaversos com uma colaboração com a popular empresa de tecnologia blockchain e o emissora de tokens não-fungíveis (NFT) Yuga Labs.

A italiana Gucci anunciou a parceria na segunda-feira (27/03), imediatamente chamando a atenção do mercado cripto. A Yuga Labs é a empresa criadora das populares coleções de NFT Bored Ape Yacht Club (BAYC) e Mutant Ape Yacht Club (MAYC).

O mesmo grupo também adquiriu CryptoPunks, Meebits e 10KTF no ano passado. Além disso, prepara a incursão no metaverso com o Gamified Otherside.

Teaser de frasco de perfume com marca “Gucci Yuga Labs”

A postagem no Twitter compartilhada pela equipe da Gucci mostra uma mão de Ape segurando um frasco com um rótulo branco da marca e a representação de um Koda (um avatar NFT de Otherside) com as palavras “Gucci Yuga Labs” abaixo.

(14) Othersidemeta on Twitter: “In a place where worlds collide, we appear. @gucci https://t.co/CnDVdienxp” / Twitter

A conta de Otherside compartilhou o mesmo teaser:

“Em um lugar onde os mundos colidem, nós aparecemos.”

O canal de notícias Business of Fashion informou que as duas empresas assinaram uma parceria plurianual para trabalhar dentro do metaverso da Yuga Labs Otheside e da coleção 10KTF.

Para o vice-presidente executivo sênior da Gucci, Robert Tryfus, o acordo proporcionará à marca de moda “um papel ativo no Otherside e na narrativa contínua da 10KTF”. Essa parceria pode aproximar a marca italiana do Otherside, acrescentou, já que ambas as empresas continuam a trabalhar para unir metaverso e moda.

A 10KTF trabalhou anteriormente com a Gucci na coleção Graal, permitindo aos proprietários de certas coleções NFT sobrepor trajes aos seus avatares.

Enquanto isso, há poucos dias, em 25 de março, a Yuga Labs lançou sua Second Trip para o universo Otherside como uma nova experiência metaverso, após a First Trip do verão passado.

Gucci lançou 2 coleções de NFTs antes de trilhar pelo metaverso

A Gucci não é estranha ao mundo criptográfico/metaverso. Em 2021, a marca fez parceria com a plataforma Roblox, extremamente popular, para criar um mundo virtual conhecido como o Gucci Garden.

Como noticiado, em maio do ano passado, a Gucci começou a aceitar pagamentos em criptomoedas nas lojas da América do Norte. Isto incluiu Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Bitcoin Cash (BCH), Wrapped Bitcoin (wBTC), Litecoin (LTC), Shiba Inu (SHIB), Dogecoin (DOGE) e outras stablecoins linkadas ao dólar americano.

Na época, Marco Bizzarri, presidente e CEO da Gucci, disse:

“A Gucci está sempre procurando abraçar novas tecnologias quando elas podem proporcionar uma experiência aprimorada para nossos clientes.”

Então, em agosto, o processador de pagamentos cripto BitPay anunciou o apoio ao ApeCoin (APE) e ao Euro Coin (EUROC). A marca de moda de luxo Gucci tornou-se o primeiro comerciante a aceitar o APE através da BitPay.

Yuga Labs é parceiro de ApeCoin, membro da comunidade ApeCoin DAO e usará o ApeCoin como o principal token nos projetos próprios.

A Gucci já lançou duas coleções de tokens não-fungíveis (NFT) até agora, ambas em 2022. Em fevereiro, lançou a coleção “SUPERGUCCI” e, mais tarde, em março, lançou a coleção “Gucci Grail”.

A marca também comprou uma quantidade não revelada de terrenos virtuais no metaverso “The Sandbox (SAND)” em fevereiro para criar seu “próprio mundo virtual”.

Outras marcas de moda de luxa entram no mercado cripto

Outra marca desse universo de moda de luxo com presença no mundo cripto é a Balenciaga, que colaborou com a Fortnite para criar uma autêntica linha de “peles” de jogadores que poderiam ser adquiridas diretamente e usadas como avatares.

Estas peles também foram anunciadas em outdoors 3D dentro do próprio jogo, criando exposição adicional para a marca dentro do imenso mundo virtual da Fortnite.

Em outro lugar do metaverso, empresas como Dolce & Gabbana, Etro e Elie Saab se reuniram para lançar a primeira Metaverse Fashion Week. Durante o evento, designs digitais foram apresentados aos participantes de Decentraland.

Metaverse Fashion Week reúne novas e tradicionais marcas em torno da moda digital

Enquanto isso, a Metaverse Fashion Week deste ano, que acontece entre os dias 28 e 31/03, contará com a participação de várias marcas importantes, incluindo Gucci, Dolce & Gabbana, Adidas, Coach e Tommy Hilfiger, assim como marcas de moda digital como DressX e The Fabricant.

Os organizadores explicam o evento de 2023 demonstrará o potencial de interoperabilidade entre metaversos abertos e ampliará os limites do que a moda digital pode significar. A ação foi criada por Decentraland e UNXD, uma plataforma de arte e cultura imersiva líder no mercado, em colaboração com os metaversos Spatial e OVER.

Giovanna Graziosi Casimiro, diretora da Metaverse Fashion Week na Decentraland Foundation, explica:

“Este ano estamos incrivelmente honrados em continuar o legado da Metaverse Fashion Week. Estamos vendo o retorno de muitas casas de moda de luxo e também o surgimento e a elevação da moda nativa digital. Estamos entusiasmados em ver as maiores mentes da moda do mundo se engajando na moda digital e explorando o que ela pode significar para suas marcas, e para suas comunidades.”

Com a curadoria de Future Heritage, a Metaverse Fashion Week se dedica a conectar designers digitais emergentes com instituições de moda tradicionais estabelecidas. A ideia do evento global é estabelecer conexões entre inovação e tradição e expor como o futuro da moda contemporânea está no reino digital.

Leia mais: