16 Set 2022 · 2 min read

Índice Global de Adoção de Criptomoedas 2022 mostra surpresas

Source: Chainalysis

O recém-lançado Índice Global de Adoção de Criptomoedas para 2022 pela empresa de inteligência Chainalysis surpreendeu e, talvez a maior surpresa seja a China, que continua sendo um dos 10 principais países para adoção de criptomoedas, apesar das proibições. 

Os dados mostram que a posição da China é especialmente forte quando se trata de uso de serviços centralizados, de acordo com o relatório divulgado pela empresa, que observou ainda que os mecanismos são “ineficazes ou pouco aplicadas”.

A posição da China como número 10 na lista de países com os mais altos níveis de adoção de criptomoedas a coloca à frente de Turquia, Argentina e Reino Unido. A Turquia e a Argentina são os países com maior adesão, uma vez que nesses locais há indices altos de inflação. 

Sudeste Asiático lidera 

Os dois primeiros lugares da lista foram ocupados pelo Vietnã e pelas Filipinas, duas nações do sudeste asiático conhecidas como hotspots para jogos de criptomoeda relacionados ao metaverso. Destaque para a cidade de Ho Chi Minh, no Vietnã, onde reside a equipe de desenvolvimento por trás do popular jogo Axie Infinity (AXS).

Como número três na lista, a Ucrânia, que apesar a guerra que trava contra a Rússia se destacou como pró-cripto em vários aspectos. Entre outras coisas, a Ucrânia se beneficiou ao aceitar doações de criptomoedas para ajudar seus esforços de defesa. Além disso, tokens não fungíveis (NFTs) e iniciativas relacionadas ao metaverso, como Meta History: Museum of War, também desempenharam um papel em seus esforços de arrecadação de fundos de defesa.

Os Estados Unidos ocupam o quinto lugar. 

Naturalmente, a adoção de criptomoedas desacelerou em todo o mundo este ano graças às condições de baixa do mercado, escreveu a Chainalysis no relatório. Ainda assim, os dados sugerem que muitos daqueles que entraram em criptomoedas em 2020 e 2021 permaneceram apesar dos preços mais baixos.

Isso prova que os mercados de criptomoedas têm sido “surpreendentemente resilientes”, disse o relatório, acrescentando que muitos grandes detentores “estão otimistas de que o mercado se recuperará, o que mantém os fundamentos do mercado relativamente saudáveis”.

---------------------

Leia mais:

Coinbase Japão quase dobra número de tokens listados na plataforma

Alex Jones é acusado de usar doações de Bitcoin da Infowars em benefício próprio

---------------------