`
. 3 min read

Inflação dos EUA em Fevereiro atinge 7,9%, BCE desacelera Compras de Ativos

Os números de inflação nos EUA atingiram 7,9% em fevereiro, acima dos 7,5% do mês anterior, e em linha com as expectativas. O Bitcoin (BTC) imediatamente subiu com as notícias, antes de voltar a cair novamente.

“O aumento de 12 meses tem sido constante e agora é o maior desde o período encerrado em janeiro de 1982. O índice de todos os itens menos alimentos e energia subiu 6,4%, a maior mudança em 12 meses desde o período encerrado em agosto de 1982”, o Bureau of Labor Statistics dos EUA escreveu.

Às 13:40 UTC, o BTC estava em US$ 39.300, praticamente inalterado durante os primeiros 10 minutos após a divulgação do valor, enquanto o ethereum (ETH) negociava a US$ 2.600, também inalterado nos primeiros 10 minutos. Enquanto isso, o preço do ouro reverteu as perdas de hoje, negociando em alta de 0,2% no mesmo período para mais uma vez ultrapassar a marca de US$ 2.000, chegando a US$ 2.006.

Os números da inflação nos EUA foram divulgados depois que o Banco Central Europeu disse que seu programa de compra de títulos seria reduzido antes do esperado, citando as pressões inflacionárias que a guerra na Ucrânia causou no continente europeu.

“A invasão russa na Ucrânia é um divisor de águas para a Europa”, disse o comunicado do BCE. 

Acrescentou que o banco central “tomará todas as medidas necessárias para cumprir o mandato do BCE de buscar a estabilidade de preços e salvaguardar a estabilidade financeira”.

Notavelmente, o BCE também removeu uma menção de sua declaração de que as taxas de juros poderiam cair abaixo do nível atual. Ele acrescentou que as mudanças na taxa de juros ocorreriam “algum tempo depois” que as compras de títulos fossem eliminadas completamente.

O euro respondeu à notícia subindo em relação ao dólar americano imediatamente após a emissão da declaração.

Enquanto isso, comentando antes do lançamento de hoje dos números de inflação dos EUA, Marcus Sotiriou, analista da corretora de criptomoedas GlobalBlock sediada no Reino Unido, disse que uma queda em todos os mercados globais poderia ser vista se a inflação nos EUA continuar acima das expectativas.

“Uma leitura acima do esperado pode levar a uma queda adicional nos mercados globais, já que os investidores podem precificar a política monetária agressiva do Federal Reserve. Uma leitura abaixo do esperado pode ter um efeito oposto”, disse Sotiriou em um comentário compartilhado com Cryptonews.com.

Enquanto isso, outros analistas disseram que a alta inflação agora dura muito mais do que o esperado.

“Pensamos que a inflação cairia, especialmente devido ao desembaraço da cadeia de suprimentos global, mas não sabemos como o que está acontecendo na Ucrânia vai impactar isso”, disse Joel Naroff, economista-chefe da Naroff Economics, ao WallStreet Journal.

Um número alto também parece ter sido esperado pelo governo do presidente Joe Biden. Falando em uma coletiva de imprensa ontem, a secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, disse ontem que “[…] esperam ver uma alta inflação nos dados de fevereiro a serem divulgados amanhã”, com “a razão fundamental” sendo os preços mais altos da energia.

____
Leia Mais:

EUA e Europa prometem impedir Russos de usar Criptomoedas para evitar Sanções

Maiores Altas e Baixas desde o Início da Guerra na Ucrânia