02 Nov 2021 · 1 min read

Matriz do Google Aumenta sua Aposta em Criptomoedas Juntando-se à Rodada de Investimentos DCG

A empresa controladora do Google, Alphabet, está dando mais um passo no mundo das criptomoedas ao ingressar em uma nova rodada de financiamento para o Digital Currency Group (DCG), proprietário da Grayscale Investments, que aumentou a avaliação de mercado dos DCGs para US$ 10 bilhões.

A rodada de financiamento, que foi liderada pela grande empresa japonesa SoftBank, rendeu US$ 700 milhões para a empresa privada, tornando-a a segunda maior do setor de criptografia até o momento, de acordo com um relatório do Wall Street Journal.

Enquanto isso, o investimento da Alphabet no DCG totalizou cerca de US$ 100 milhões, e foi feito por meio de seu CapitalG, um fundo de capital de risco com US$ 3 bilhões sob gestão.

Comentando sobre a rodada de financiamento durante uma entrevista, Barry Silbert, fundador e CEO do DCG, disse que a rodada de financiamento não era para levantar dinheiro, mas para permitir que alguns dos primeiros investidores saíssem e realizassem lucro.

Para o Google, a participação na DCG representa seu primeiro passo em direção a uma empresa cripto-nativa, com o sócio geral da CapitalG, David Lawee, dizendo ao Wall Street Journal que vê semelhanças entre as empresas de internet durante o boom das pontocom e as empresas de criptografia de hoje. No entanto, ele também mencionou que há sinais de que a criptografia tem poder de permanência, enquanto menciona as finanças descentralizadas (DeFi) como um campo interessante.

“Isso está finalmente chegando ao ponto em que a criptografia é uma coisa mais ampla do que apenas Bitcoin”, disse Lawee ao jornal.

Além de investir em DCG, no entanto, o Google já mergulhou no mundo da criptografia por meio de um investimento anterior no Robinhood, o aplicativo de negociação popular dos EUA que permite aos usuários negociar uma seleção de criptoativos, além de instrumentos financeiros tradicionais, como ações e opções.