Eis os melhores ETFs de créditos de carbono para investir

| 15 min read

O mercado de créditos de carbono tem-se desenvolvido a um ritmo acelerado, dada a urgência de grandes empresas desenvolveram práticas e ações que possam contribuir para a redução significativa da sua pegada de carbono. Ora, tal resulta em oportunidades de investimento, com especial destaque para os melhores ETFs de créditos de carbono. Ou seja, fundos que englobam algumas das empresas de maior destaque no investimento em crédito de carbono.  

Com exposição de grandes empresas como a Apple ou a própria Tesla nesta nova intenção de redução de pegadas de carbono, juntando os fortes apoios e investimento dos Governos e Entidades dos diferentes países europeus, percebe-se assim o enorme potencial de valorização que melhores ETFs de créditos de carbono poderão apresentar. Daí fazer todo o sentido que possa não só conhecer esses que são melhores ETFs de créditos de carbono, mas também como os poderá comprar, através deste guia atualizado.  

6 melhores ETFs de créditos de carbono 

Antes de tudo, atente agora acerca dos melhores ETFs de créditos de carbono já analisados. Em poucos passos, poderá estar a investir em empresas e projetos de criptomoedas que terão o potencial de fazerem a diferença no que toca ao investimento crescente desta indústria de pegadas de carbono. Assim, estes são os melhores ETFs de créditos de carbono já analisados pelos nossos especialistas: 

  • KraneShares Global Carbon Strategy ETF 
  • KraneShares California Carbon Allowance Strategy ETF 
  • Horizons Carbon Credits ETF 
  • iShares MSCI ACWI Low Carbon Target ETF 
  • BlackRock US Carbon Transition Readiness ETF  
  • SPDR MSCI ACWI Climate Paris Aligned ETF 

Análise completa dos melhores ETFs de créditos de carbono 

Atente agora, com maior detalhe, o que poderá esperar desses que são alguns dos melhores ETFs de créditos de carbono que terá à sua disposição para investir. Com estes dados, será mais simples poder compreender qual é o fundo com maior potencial de valorização e que vai de encontro com os seus valores e visões para o futuro empresarial e também da conscienlização do impacto no nosso planeta: 

1.  KraneShares Global Carbon Strategy ETF – Melhor ETF de Créditos de Carbono para Investir Agora 

Por outro lado, entre os melhores ETFs de créditos de carbono, encontra-se KraneShares Global Carbon Strategy ETF (KRBN), que é um índice que acompanha alguns dos mercados de créditos de carbono mais populares do mundo. Este é comparado ao IHS Markit Global Carbon Index – que inclui contratos futuros sobre permissões da União Europeia (EUA), permissões do Reino Unido (UKA), permissões de carbono da Califórnia (CCA) e a Iniciativa Regional de Gases de Efeito Estufa (RGGI). 

Karbonshares global ETF

Tal permite que os investidores ganhem exposição aos mercados de créditos de carbono em diversos locais. Lançado em julho de 2020, este ETF é relativamente jovem. No entanto, o fundo possui mais de US$ 800 milhões em ativos líquidos, com base na avaliação no momento da redação. 

Em termos de desempenho, o ETF KraneShares Global Carbon obteve ganhos de mais de 100% desde a sua criação. Quando o fundo foi lançado, o preço era de cerca de US$ 20. O valor deste ETF subiu gradualmente para atingir um preço recorde de cerca de US$ 56 em fevereiro de 2022, estando entre os melhores ETFs de créditos de carbono em termos de valorização, durante este período de tempo.    

Saiba ainda que os investidores podem negociar este ETF através do corretor regulamentado eToro – a partir de apenas $10. Além disso, o eToro não cobra nenhuma comissão ao comprar ou vender o ETF KraneShares Global Carbon. Através do nosso guia eToro, saberá também quais são outros mercados e ativos financeiros que poderá estar a investir com o máximo de segurança e potencial disponível. 

2. KraneShares California Carbon Allowance Strategy ETF –Fundo de crédito de carbono com autorização do Governo californiano 

Além do ETF global mencionado acima, a KraneShares também projetou fundos que rastreiam outros mercados. Um exemplo é o ETF KraneShares California Carbon Allowance, que se concentra exclusivamente no mercado de limite e crédito na Califórnia. Este ETF acompanha de perto o desempenho dos preços dos futuros de CCA, estando nos melhores ETFs de créditos de carbono por incorporar uma zona que está dedicada a investir fortemente na sustentabilidade das suas empresas e maiores organizações. 

KCCA

Assim, o programa California Carbon Allowance começou em 2012 e cobre quase 80% das emissões de gases de efeito estufa do estado. Este programa planeia alcançar a neutralidade de carbono na Califórnia até 2045. Isso oferece aos investidores a oportunidade de ganhar exposição precoce a esse mercado de alto crescimento e com alta capacidade e disponibilidade de investimento do próprio Governo. 

De realçar que, adicionando a estes que é um dos melhores ETFs de créditos de carbono, os futures de licenças de carbono da CCA também são um dos ativos mais negociados neste mercado. No entanto, como este ETF segue o desempenho apenas do mercado de créditos de carbono da Califórnia, este também vem com maiores níveis de risco. Após o lançamento em outubro de 2021, o preço deste ETF caiu quase 5%. Olhando para seu histórico de preços, o ETF passou por extrema volatilidade nos últimos meses. Espera-se assim que o ETF KraneShares California Carbon Allowance possa acompanhar a alta valorização dos exemplos acima já referidos. 

3. Horizons Carbon Credits ETF – Canada’s First Carbon Credits ETF – O Primeiro ETF de Créditos de Carbono do Canadá 

O ETF Horizons Carbon Credits é o primeiro de seu tipo a ser listado nos mercados canadianos, outro país que, tal como o Estado da Califórnia, está dedicado a investir fortunas para a redução da pegada de carbono. Em outras palavras, este é o primeiro produto de investimento relacionado ao crédito de carbono nativo do Canadá. Este ETF ainda está a dar os primeiros passos, sendo lançado em fevereiro de 2022. Além disso, o ETF Horizons Carbon Credits é negociado na bolsa de valores de Toronto. 

Horizons carbon credit ETF

No entanto, este ETF não rastreia os créditos de carbono emitidos no Canadá. Ao invés disso, o seu índice subjacente é calculado dependendo dos retornos diários do preço de ajuste do contrato futuro de EUA. Assim como o ETF KraneShares California que discutimos acima, este fundo está focado num único mercado e, como tal, apresenta maiores níveis de risco. Este ETF pode ser comprado por cerca de $ 8 CAD, o que equivale a cerca de $ 6 USD com base na taxa de câmbio no momento da escrita. Está entre os melhores ETFs de créditos de carbono porque o Canadá está na frente por esta corrida na redução de pegada e impacto ambiental.  

Não muito tempo depois da sua criação, o mercado mais amplo de créditos de carbono foi atingido, o que se refletiu no preço desse ETF. Sete meses depois, na primeira semana de setembro de 2022, a UE anunciou que estava considerando vender as suas reservas de licenças de créditos de carbono para reduzir os preços da energia. Isso baixou ainda mais o preço do ETF Horizons Carbon Credits. Por isso é que é crucial estar sempre muito atento às notícias e pronunciamentos, podendo investir nos melhores ETFs de créditos de carbono totalmente informado. 

4. ETF iShares MSCI ACWI Low Carbon Target – Fundo dedicado a Empresas de Baixo nível de Carbono 

Ora, até ao momento, os melhores ETFs de créditos de carbono, discutidos acima, rastreiam as permissões de créditos de carbono por meio de futures. No entanto, o ETF iShares MSCI ACWI Low Carbon Target, é composto de forma diferente. Este rastreia um índice de mesmo nome, que contém participações de mais de 1.000 empresas de baixo carbono em todo o mundo. 

iShares ETF

As suas participações incluem Apple, Amazon, Microsoft, Tesla, Verizon, Bank of America e muito mais. Embora existam ações negociadas em bolsas internacionais, as suas participações estão fortemente voltadas para o mercado dos EUA. O principal benefício deste ETF é sua ampla diversificação. 

Como tal, o ETF iShares MSCI ACWI Low Carbon Target oferece menos exposição a qualquer mercado de carbono único. Além disso, o fundo não está diretamente vinculado a créditos de carbono, mas sim a empresas que possuem fortes programas de compensação de carbono ou baixas emissões de combustíveis fósseis. Na última meia década, o valor deste ETF aumentou quase 30%! No entanto, o fundo não teve um desempenho particularmente bom numa base de 12 meses, acompanhando um pouco o resto do mercado.  

5. BlackRock US Carbon Transition Readiness ETF – conjunto de empresas americanas com programas de compensação de carbono 

Assim como o fundo iShares que discutimos acima, o ETF BlackRock US Carbon Transition Readiness é outro ativo que oferece exposição indireta à economia de baixa emissão. Este ETF é composto por empresas americanas de média a grande capitalização, que são consideradas um dos fundos de investimento sustentável mais populares. Terá assim uma das melhores ETFs de créditos de carbono do mercado, através da corretora eToro.  

BlackRock ETF

Na verdade, existem mais de 300 participações no portfólio, que inclui Amazon, Tesla, Johnson & Johnson, Coca-Cola, United Health Group e muito mais. Em outras palavras, o ETF é diversificado, o que pode ajudar a mitigar o risco. No entanto, o desempenho deste ETF de baixo carbono, até ao momento tem sido algo negativo. Além disso, desde o lançamento em abril de 2021, o ETF BlackRock US Carbon Transition Readiness testemunhou uma volatilidade moderada. Nos últimos 12 meses, por exemplo, o fundo perdeu cerca de 13% do seu valor. 

No entanto, dado que as empresas do fundo podem beneficiar da sua estratégia de baixo carbono no longo prazo, o valor desse ETF tem todo o potencial com base nos preços no momento. É preciso compreender que o bear market de praticamente todos os mercados financeiros também não contribuiu para que este ETF está no topo dos melhores ETFs de créditos de carobono em termos de valorização, até ao momento. 

6. SPDR MSCI ACWI Climate Paris Aligned ETF – ETF de crédito de carbono com exposição a 60 mercados 

Finalmente, mas não menos importante, o ETF SPDR MSCI ACWI Climate Paris Aligned é um dos fundos mais diversificados disponíveis nesta categoria. Este fundo acompanha o índice MSCI ACWI, que detém títulos de grande e média capitalização em 60 mercados. Isso inclui 23 mercados desenvolvidos, como EUA e Reino Unido, e 27 países emergentes, como Taiwan. 

Além disso, este ETF visa apoiar aqueles que procuram reduzir a sua exposição aos riscos da transição climática. Ao mesmo tempo, o ETF também permite que os investidores beneficiem da mudança para uma economia de baixo carbono, apoiando empresas que se alinharam com os requisitos do Acordo de Paris. 

SPDR ETF

Ora, este fundo não é apenas diversificado em termos de mercados, mas também de setores. Por exemplo, quase 25% do portfólio está focado em ações de tecnologia, enquanto 15% está em empresas financeiras. Há também empresas que operam no setor de saúde, telecomunicações, imóveis e muito mais. 

Com isso dito, mais de 50% das suas participações estão focadas no mercado dos EUA. Por exemplo, em abril de 2022, o mercado de ações dos EUA caiu acentuadamente, principalmente devido a preocupações com o aumento das taxas de juros e a alta inflação. Logo, terá um natural impacto no preço deste ETF. Em outras palavras, esse ETF de carbono tem uma alta correlação com o mercado de ações dos EUA – o que é algo a ser considerado antes de investir num dos melhores ETFs de créditos de carbono.  

O que são ETFs de créditos de carbono? 

Para compreender se está a investir num dos melhores ETFs de créditos de carbono, deverá entender como funciona um ETF de créditos de carbono, até porque se trata de uma classe de ativos emergente. Em poucas palavras, os créditos de carbono são autorizações emitidas por órgãos reguladores, que permitem que empresas e/ou pessoas emitam uma certa quantidade de gases de efeito estufa. 

Assim, as empresas e negócios que poluem o meio ambiente recebem um certo número de créditos de carbono – que indica o quanto podem poluir. Com o tempo, esse limite é reduzido. Ou seja, os participantes do programa regulatório devem emitir menos gases de efeito estufa no meio ambiente. 

Alternativamente, estes terão que comprar créditos de carbono adicionais. Para atender a essa procura, os reguladores emitem ou vendem permissões adicionais de créditos de carbono. As empresas podem comprar essas licenças por meio do mercado de créditos de carbono. 

Por outro lado, se a empresa conseguir reduzir as suas emissões, poderá manter as suas licenças para cobrir necessidades futuras ou vendê-las aos participantes. Atualmente, existem vários órgãos reguladores que vendem créditos de carbono – cada um oferecendo sua própria versão de permissões. Por exemplo, os EUAs são unidades negociáveis de créditos de carbono emitidos sob o Esquema de Comércio de Emissões da União Europeia. 

Qual será o futuro ao investir no mercado de créditos de carbono?  

Ao estar a investir nos melhores ETFs de créditos de carbono, terá que perceber que à medida que as empresas se tornam mais verdes, haverá menos procura por créditos de carbono, o que provavelmente resultará na diminuição do valor das permissões. Comprar e vender créditos de carbono diretamente pode ser um processo complicado, especialmente porque esse mercado pode nem sempre ser acessível a várias empresas. Por esse motivo, alguns investidores também procuram os melhores fundos de investimento verdes, já analisados no nosso website também. 

Para contornar essa barreira de entrada, os investidores podem comprar e vender ETFs que rastreiam o preço das permissões de créditos de carbono emitidas por várias autoridades. Como abordamos acima, os melhores ETFs de créditos de carbono rastreiam o preço dos futures de créditos de carbono ou outros fundos – tornando-os mais acessíveis aos investidores. Até porque, atualmente, essa é a melhor forma de um investidor individual ter investimento em créditos de carbono, não os podendo comprar diretamente no mercado. 

ETFs de créditos de carbono são um bom investimento? 

Ao avaliar como investir em créditos de carbono, é crucial considerar as vantagens, bem como as desvantagens identificadas. Tal como acontece com outras classes de ativos, os ETFs de créditos de carbono oferecem riscos e recompensas. 

Abaixo, discutimos algumas das principais razões pelas quais os investidores estão a explorar cada vez mais a indústria de créditos de carbono e os ETFs em particular.

Diversificação de investimento e proteção contra mercados tradicionais  

Os créditos de carbono oferecem uma solução alternativa de investimento para investidores globais, apresentando-lhes outra forma de diversificar os seus portfólios. Além disso, os créditos de carbono e contratos futures relacionados mostraram uma baixa correlação com o mercado financeiro mais amplo. Ou seja, estará também a proteger-se de mercados mais tradicionais.  

Isso significa que fundos como o ETF KraneShares Global Carbon Strategy podem fornecer resiliência contra o risco de transição climática. No entanto, tenha em mente que nem todos os ETFs de baixo carbono podem ser usados para hedge. 

Potencial de lucro, num mercado crescente 

Ao considerar a atual crise climática, não é irracional supor que os mercados de créditos de carbono estão prestes a crescer. Além disso, há uma oferta limitada de créditos de carbono emitidos por autoridades reguladoras. Se a procura continuar a aumentar, o preço dos créditos de carbono pode seguir o mesmo caminho. 

Existem várias maneiras de negociar créditos de carbono, no entanto, comprar e vender permissões diretamente pode não ser uma abordagem viável para investidores individuais. Daí comprar melhores ETFs de créditos de carbono acabe por ser a solução mais prática e confiável.  

Dessa forma, os investidores só precisam encontrar um corretor regulamentado que ofereça suporte ao ETF de captura de carbono escolhido. Nos nossos testes, a corretora eToro foi a que melhor se destacou, apresentando um leque de alguns dos melhores ETFs de créditos de carbono para negociar com poucos cliques. Além disso, ETFs como o iShares MSCI ACWI Low Carbon Target oferecem exposição indireta a esse espaço por meio de ações com menor impacto ambiental. 

Benefícios ambientais e sociais 

Sem dúvida que o principal objetivo dos créditos de carbono é diminuir as emissões de gases de efeito estufa. À medida que o preço dos créditos de carbono sobe, fica mais caro para as empresas comprarem licenças adicionais. Portanto, ao investir em créditos de carbono e ativos relacionados, os investidores podem contribuir para uma estratégia de redução de emissões e ajudar a progredir em direção a um futuro líquido zero.  

Riscos de investir em ETFs de Créditos de Carbono 

 Como em qualquer outro investimento, é essencial que entenda também quais podem ser a contrapartidas para investir neste mercado emergente. Eis os pontos que deverá sempre considerar antes de comprar os melhores ETFs de créditos de carbono já apresentados: 

  • Risco de pouca diversificação em termos de mercados nacionais 
  • Exposição é limitada a um único mercado ecológico, ainda que os indicadores de crescimento sejam positivos 
  • Necessidade de um nível compreensão firme dos fatores que afetam o preço dos créditos de carbono e como o ETF escolhido reagiria às variações do mercado 
  • Dominar as empresas, os “players” e os anúncios dos preços de crédito de carbono e a sua oscilação.  

Em suma, este é um investimento volátil que obrigará sempre a que esteja muito atento aos melhores ETFs de créditos de carbono e como estes se estão a compor.  

Conclusão 

Com um interesse mais assumido de grandes instituições, países e até organizações, como a União Europeia, no forte incentivo da redução progressiva das pegadas de carbono pelas grandes empresas, é natural que saber como investir nos melhores ETFs de créditos de carbono seja algo essencial para os investidores mais atentos e que percebem que essa transição para uma atividade mais verde e sustentável está a surgir a passos largos. 

Somando a isso, o investimento dos próprios Governos, bem como incentivos fiscais e restrições em determinados comportamentos, fazem com que todo este mercado seja forçado a crescer, uma vez que será o nosso planeta um dos maiores beneficiados com essa transição. Como também se percebeu por esta análise aos melhores ETFs de créditos de carbono presentes para investir na eToro e outras as melhores corretoras do mundo, já algumas das maiores empresas do mundo estão presentes entre as que menos produzem carbono, criando uma clara tendência para o que poderá ser o futuro promissor desta indústria. 

FAQ: Perguntas Frequentes 

O que é um ETF de carbono? 

Ora, um ETF de crédito de carbono é um fundo negociado em bolsa que acompanha o desempenho dos ativos que operam neste setor. Podem ser ações, futures ou commodities associadas ao espaço de créditos de carbono.  

Quais são os ETFs de créditos de carbono mais populares? 

Alguns dos melhores ETFs de créditos de carbono incluem KraneShares Global Carbon Strategy, Horizons Carbon Credits ou BlackRock US Carbon Transition Readiness. Investidores interessados em ETFs de créditos de carbono podem consultar este nosso guia para investirem com qualidade. 

Como investir em ETFs de créditos de carbono? 

Através da corretora eToro terá acesso a alguns dos melhores ETFs de créditos de carbono já analisados. Em poucos passos terá exposição em ativos de alto potencial. 
 

---------------------