Melhores fundos de investimento verde

Lucas Guaratini
| 10 min read

Nos dias atuais, um novo segmento sobre investir está crescendo, trata-se de fundos de investimento verde. Desta forma, leia nosso artigo até o fim para saber de todos os detalhes do assunto.

Além das já mais consolidadas criptomoedas e afins, agora as empresas e investidores buscam o equilíbrio do meio ambiente. Portanto, neste artigo vamos mostrar todos os detalhes de quais são os melhores fundos de investimento verde, além de mostrar como funcionam estes investimentos.

Além disso, você também pode ficar por dentro de todas notícias de finanças em nosso site, dessa forma você não perde nenhum detalhe do assunto.

Melhores fundos de investimento verde

  • Utilities Select Sector SPDR Fund
  • SPDR S&P 500 ESG ETF
  • 1919 Socially Responsive Balanced Fund
  • Invesco Solar ETF 

Análise completa dos melhores fundos de investimento verde

Utilities Select Sector SPDR Fund

Com toda certeza, o Utilities Select Sector SPDR Fund (XLU) é um fundo de índice ESG.  Projetado para replicar o desempenho do índice Utilities Select Sector investindo um mínimo de 95% de seus ativos em títulos dentro do índice. Ou seja, a maioria dos fundos que detém são ativos nos setores de eletricidade, água, energia, gás e energia renovável.

Embora o Utilities Select Sector SPDR Fund esteja entre os fundos de índice ESG mais populares e com classificação mais alta. Ele produz uma enorme quantidade de carbono quando comparado a outros fundos de investimento ESG.

Dessa maneira, para manter uma classificação MSCI ESG de AA, ela requer cerca de 2.246,8 toneladas de carbono para gerar US$ 1 milhão em receita. Colocando-a firmemente na categoria “Muito alta” para emissões de carbono.

Embora não possa competir com alguns dos outros fundos do índice ESG que mencionamos em termos de produção de carbono. O Utilities Select Sector SPDR Fund rendeu alguns dos retornos históricos mais impressionantes em 17,63% no ano passado e 44,45% nos últimos 5 anos.

SPDR S&P 500 ESG ETF

Com toda certeza, o SPDR S&P 500 ESG ETF (EFIV) é um fundo negociado em bolsa (ETF). Ele contém empresas presentes no S&P 500 com foco nos princípios ESG. No entanto, a reflexão dos ativos dentro do ETF ainda é proporcional ao S&P 500. Dessa forma, isso o torna digno de consideração para você e investidores que desejam os melhores fundos de investimento verde.

O  S&P é considerado um ativo de risco bastante baixo. Isso porque,  contém algumas das maiores empresas do planeta. O EFIV está sendo negociado atualmente por US$ 36,75. Em 1 ano caiu 4,83%, enquanto em um período de 5 anos aumentou 22,21%, o que significa que teve um retorno médio anual médio de 4,442%.

Como um ETF ESG rastreia um índice específico (neste caso, o S&P 500), pode ser uma excelente ferramenta para obter exposição a ativos exclusivamente compatíveis com ESG dentro de um índice popular.

Por fim, se você está buscando investir em outro segmento, como o de altcoins por exemplo, veja todas as notícias em nosso site para não perder nenhum detalhe do assunto.

1919 Socially Responsive Balanced Fund

Inegavelmente, o 1919 Socially Responsive Balanced Fund (SSIAX) se junta à lista de fundos de investimento verde. Certamente, ele contém principalmente ativos baseados nos EUA e dívida com grau de investimento, mas também ações e dívidas estrangeiras em menor grau. Embora apenas 27% dos ativos neste fundo de investimento ESG possuam classificações de fundos MSCI ESG de AA ou AAA, nenhum de seus ativos foi sinalizado por questões de proteção social, como violações do UNIGC ou da OCDE, garantindo sua classificação AAA ESG.

Apesar de adotar uma abordagem bastante agressiva em comparação com outros fundos de investimento ESG, o 1919 Socially Responsive Balanced Fund rendeu um retorno de -14,15% no ano passado, provavelmente como resultado da severa desaceleração do mercado deste ano. Porém, no prazo mais amplo de 5 anos, rendeu 30,37% em ganhos, o que equivale a um retorno anual de pouco mais de 6%.

Portanto, faz sentido que o SSIAX contenha ativos que abrangem uma grande variedade de setores. Algumas de suas participações mais notáveis ​​incluem gigantes da indústria como Amazon, Alphabet e Bank of America.

Invesco Solar ETF

Com as fontes alternativas de energia sendo as favoritas entre os investidores no momento, não é surpresa que o fundo ESG Invesco Solar ETF Fidelity (TAN) seja tão popular. Assim sendo, o foco principal é fornecer aos investidores acesso simples a uma ampla gama de ações de energia verde, o Invesco Solar ETF contém uma infinidade de ativos relacionados à produção de energia verde, incluindo distribuidores, fornecedores de serviços públicos e fabricantes.

Embora este fundo Fidelity ESG não possa ser considerado um líder devido à sua classificação A, ele oferece ampla exposição a ações de energia verde. Aproximadamente 63,3% da receita gerada pelas empresas do fundo pode ser considerada verde, enquanto apenas 0,2% é produto de combustíveis fósseis.

Mesmo que o fundo Fidelity ESG tenha uma forte preferência por empresas focadas em energia verde, sua produção de carbono deixa a desejar. Ou seja, para cada US$ 1 milhão em receita, uma média de 259,7 toneladas de carbono é produzida, provavelmente principalmente como resultado da mineração e manufatura.

O que é um fundo de investimento verde?

Certamente, fundos de investimentos verde significa investir em progresso e reconhecer que as empresas que solucionam os maiores desafios do mundo podem estar mais bem posicionadas para crescer.

Sendo assim, trata-se de ser pioneiro nas melhores práticas de negócios e criar o momentum para incentivar cada vez mais pessoas a optarem pelo futuro que estamos trabalhando para criar.

Dessa maneira, os investidores utilizam da combinação de abordagens tradicionais de investimento com perspectivas ambientais, sociais e de governança (ESG -environmental, social and governance), e adotamuma abordagem sustentável para perseguirem suas metas de investimento. Ainda assim, empresas globais também estão adotando esses posicionamentos em busca de melhorar a imagem que é passada para as pessoas.

Portanto, o objetivo é a escolha de uma empresa que seja rentável ou um fundo de investimento verde e sustentável, mas que também seja alinhada com os seus valores de investidor. Dessa maneira, esses valores em relação ao investidor e a empresa se relacionam com o principios ambientais, e de gorvenança. (ESG)

Fatores de ESG 

Certamente, ESG é a sigla para Environmental, Social and Governance, que corresponde a meio Ambiente, social e governança, em português. A partir dessa métrica é possível colocar o SRI em prática:

Meio Ambiente: estão fatores que avaliam como a empresa lida com mudança climática, emissão de carbono, energia renovável, desmatamento, poluição de água, assim por diante;

Social: são os fatores que avaliam como uma empresa trata seus funcionários, questões relacionadas a igualdade de gênero, diversidade da equipe, respeito aos direitos humanos e leis trabalhistas;

Governança: estão fatores que avaliam como uma empresa é administrada, qual é a composição do conselho, remuneração dos executivos e se há corrupção ou fraudes.

Além disso, através de fundos de investimento verde é possível promover mudanças na sociedade como um todo. Desse modo, é possível colocar em prática os fundos de investimento verde, você e os investidores podem incentivar o crescimento de companhias que entregam externalidades positivas à sociedade, e deixando de lado aquelas que, no geral, geram externalidades negativas.

Inegavelmente, os fundos de investimento verde, ainda por estarem em crescimento e, por consequência, ainda não consolidados, é uma ótima forma de se obter resultados no futuro, ou seja, a longo prazo. 

Se você está buscando uma alternativa diferente de ficar por dentro das notícias sobre o universo de tokens e criptomoedas, ouça nosso podcast sobre o assunto e aproveite para ficar informado o tempo todo sobre o assunto. 

Os Fundos de investimento verde são uma boa ideia?

Source: investnews.com.br/financas/por-que-a-industria-de-fundos-atingiu-o-recorde-de-r-5-trilhoes/

Com toda certeza, o resultado de fundos de investimento verde em empresas social e ambientalmente responsáveis será, naturalmente, uma redução de externalidades negativas resultantes justamente das atividades relativas às empresas.

Embora o investimento em empresas ESG limite os ativos potenciais que um investidor moralmente responsável pode considerar, isso permite que eles impactem positivamente o mundo por meio de suas atividades de investimento em fundos. Pois, as empresas com uma alta pontuação ESG geralmente estão na vanguarda da luta contra as mudanças climáticas ou são defensoras de práticas de trabalho seguras.

Assim sendo, ao você investir nestas empresas, os investidores podem ajudar ativamente no seu crescimento e ajudando a potencializar os seus efeitos positivos.

No entanto, não basta apenas comprar ações de empresas focadas em ESG, também é preciso que os investidores devem acompanhar a pontuação ESG de um ativo ao longo do tempo. 

Devido a isso, os investimentos ESG geralmente exigem pesquisas e análises mais extensas do que outros tipos. Certamente, é importante ressaltar que você faça sua própria pesquisa em relação às empresas e fundos de investimento verde, pois alguns pontos podem você escolher empresa “x” ou “y”, além de um fundo de investimento “y” ou “z”.

Com toda certeza, é possível notar algumas vantagens de se investir no fundos de investimento verde e em empresas que vão para este mesmo caminho.

Além disso, você também precisa buscar vantagens se está buscando investir em criptomoedas, leia nossos artigos sobre as exchanges que podem te ajudar o seu bolso no começo dessa jornada.

Ainda assim, preparamos alguns pontos para você entender as vantagens deste tipo de investimento:

Transparência e confiança nas empresas

Com toda certeza, os fundos de investimentos verde ESG devem promover transparência nas prestações de contas e nas próximas ações. Pois, essa prática traz mais credibilidade às empresas e diminui a possibilidade de crises envolvendo o nome da marca, o que poderia desvalorizar os investimentos aplicados. Dessa forma, atrai-se ainda mais engajamento dos investidores e possíveis investimentos para a empresa.

Ademais, se você estiver buscando outras formas para investir, veja nossos artigos sobre altcoins e não perca nenhum detalhe do assunto.

Melhores resultados no longo prazo

Certamente, existe uma tendência de que as empresas consolidadas do futuro serão empresas que hoje chamamos de ESG.

Dessa maneira, parte do mercado consumidor está cada vez mais preocupado com questões que envolvem o meio-ambiente e as empresas precisam realizar uma adaptação a essa nova realidade para se manter competitivas.

Com toda certeza os investidores do mercado que defendem empresas ESG podem ser uma estratégia interessante, sobretudo para o foco no longo prazo.

ESG é vantajoso para empresas e investidores

Source: selvaflorestal.com/investimento-verde-4-dicas-para-quem-quer-comecar/

Inegavelmente, a adoção de práticas empresariais sustentáveis dentro dos três critérios ESG vai muito além do objetivo de construir uma imagem responsável no mercado. Pois, a sustentabilidade empresarial representa um conjunto de ações para tornar as operações da empresa ecologicamente corretas, socialmente justas e economicamente viáveis.

Com toda certeza, as empresas que se alinham a esse conceito, além dos impactos positivos proporcionados à sociedade, agregam valor aos seus produtos. Assim sendo, investidores em todo o mundo vêm buscando priorizar companhias sustentáveis e socialmente responsáveis para serem beneficiárias de suas aplicações.

Aumento de bem-estar social

Se, cada vez mais, você e os investidores optarem por empresas que gerem menos ou não gerem externalidades negativas, o resultado esperado é de um aumento de bem-estar, no geral.

Por exemplo, se os investidores optarem por migrar seus investimentos para empresas com boa governança corporativa, melhor será. Pois, quanto mais dinheiro essas empresas tiverem para expandir seu crescimento, mais empregos serão gerados em ambientes que tendem a oferecer uma melhor qualidade para o funcionário. 

Conclusão

Certamente neste artigo você conferiu os 5 melhores fundos de investimento verde. Além disso, o artigo aponta as principais vantagens para ter esse tipo de investimento, não só para o seu bolso, mas também para o próximo.

Ainda assim, é importante ressaltar que você também realize sua pesquisa, para se alinhar com as melhorias que investimentos verdes podem promover para a sociedade como um todo

Com toda certeza, é preciso que os investimentos sejam voltados para bens à sociedade, pois nos últimos anos, a tecnologia avançou muito e, consequentemente, as indústrias também, causando danos e ignorando a parte de responsabilidade ambiental para com as pessoas.

Perguntas Frequentes

O que são fundos de investimento verde?

Fundos de investimento verde implica no investir nos fundos que se preocupam com as causas ambientais, ou seja, pensando não só no perfil investidor e sim na sociedade como um todo. Além disso, é a estratégia e a prática de se incorporar fatores ambientais, sociais e de governança (ESG) nas decisões de investimento e no exercício da propriedade ativa.

O que ESG?

ESG é a sigla em inglês para as palavras environmental, social and governance, que, em português, podem ser traduzidas como “ambiental, social e governança”.

O ESG é um bom investimento?

Os defensores do investimento ESG argumentam que essa estratégia é ideal para quem tem um horizonte de investimento de longo prazo, pois ajuda ativamente a tornar o mundo um lugar melhor. No entanto, também é possível que um ativo com uma pontuação ESG alta seja inferior do ponto de vista de ganhos financeiros. Portanto, é por isso que os investidores devem considerar os dois elementos antes de investir.

Quais são exemplos de fundos ESG

Há um grande número de diferentes fundos ESG disponíveis, mas alguns dos mais populares incluem o Utilities Select Sector SPDR Fund, SPDR S&P 500 ESG ETF, 1919 Socially Responsive Balanced Fund e o ETF Invesco Solar.