Mercado NFT esfria à medida que a Guerra na Ucrânia leva os Investidores para Ativos mais Seguros

A negociação de tokens não-fungíveis (NFTs) despencou nos últimos dias, à medida que as tensões geopolíticas e a crescente incerteza empurraram os investidores para ativos mais seguros.

O volume diário de negociação no principal mercado NFT OpenSea atingiu US$ 50,8 milhões no sábado, abaixo do recorde local de US$ 247,8 milhões alcançado em 1º de fevereiro, representando um declínio de 80% em pouco mais de um mês.

A atividade em outros mercados NFT também teve uma queda acentuada, o que é evidente pela queda geral na atividade em todo o mercado.

As vendas totais de NFT em todo o mercado atingiram US$ 167 milhões na segunda-feira, abaixo dos US$ 924 milhões registrados no final de janeiro de 2022, representando uma queda de cerca de 82%, segundo dados do NonFungible.com.

Da mesma forma, o número de vendas de NFT, o número de carteiras únicas envolvidas na negociação de NFTs e as vendas primárias e secundárias tiveram uma queda de cerca de 80% em comparação com os picos locais alcançados no final de fevereiro.

Além disso, as pesquisas globais de “NFT” sofreram um declínio acentuado, perdendo todos os ganhos do início de 2022 e caindo para os níveis do início de novembro, de acordo com dados do Google Trends.
 

No início de 2022, a negociação de NFTs ganhou impulso depois que várias empresas de alto perfil se interessaram pelo setor anunciando acordos de branding e marketing.

Por exemplo, a gigante fabricante de calçados Adidas provocou uma parceria com o Bored Ape Yacht Club (BAYC), enquanto a Nike adquiriu RTFKT, uma criadora de "tênis e colecionáveis ​​prontos para o metaverso".

No entanto, os investidores estão focando em ativos seguros como o ouro, enquanto a guerra Rússia-Ucrânia continua. Na manhã de segunda-feira, o ouro ultrapassou US$ 2.000 a onça, enquanto o mercado de criptomoedas lutava para evitar perdas.

____

Leia Mais:

- EUA e Europa prometem impedir Russos de usar Criptomoedas para evitar Sanções

- Maiores Altas e Baixas desde o Início da Guerra na Ucrânia