O IMPT Token é a maior pré-venda que está acontecendo agora – Aqui está tudo o que você precisa saber

Gabriel Gomes
| 3 min read

Aviso: a seção Conversas do Mercado oferece análises de especialistas e não faz parte do conteúdo editorial do Cryptonews.com.

A plataforma IMPT.io tem uma proposta bastante interessante: pôr a tecnologia de blockchain a serviço da proteção do meio ambiente. Com ela, pessoas comuns poderão negociar créditos de carbono, sem temer dupla contagem e fraudes.

Até o momento, a fase de pré-venda da criptomoeda associada à IMPT.io, Impact Project (IMPT), tem sido um grande sucesso. Em seus três primeiros dias, angariou US $1 milhão de dólares. Esse resultado é especialmente digno de nota devido ao clima de relativo pessimismo que reina no mercado de criptoativos.

Fase de pré-venda do IMPT se destaca muito mesmo com mercado em baixa

Há boas razões para considerar que a pré-venda de IMPT é a melhor em andamento no mercado no momento e pode produzir para os compradores bons ganhos futuros.

O IMPT lançou a primeira fase de sua pré-venda no dia 3 de outubro e, em poucos dias, já arrecadou mais de US$ 2 milhões. 

Atualmente, existem 600 milhões de tokens IMPT à venda por um preço de US$ 0,018. A fase 1 estará disponível até o dia 25 de novembro ou até esgotarem os tokens, o que ocorrer primeiro.

As outras duas fases vão disponibilizar mais 1,2 bilhão de tokens para venda. A fase 2 terá 660 milhões de tokens à venda a um preço de US$ 0,023, enquanto a fase 3 contará com 540 milhões de tokens finais ao preço de US$ 0,028.

Ao fim da pré-venda, os compradores dos tokens poderão ir à plataforma e reivindicar a quantidade de IMPT que tiverem adquirido. 

Criptomoeda verde: proposta é possibilitar que os investidores ajudem a salvar o meio ambiente

Basicamente, o modelo da plataforma IMPT.io funcionará da seguinte forma: os interessados poderão usá-la para a realização da compra de créditos de carbono, com os quais serão cunhados tokens não-fungíveis, de modo a tornar o processo mais seguro e transparente.

O detentor dos NFTs pode consumi-los para compensar por suas próprias atividades que levem ou tenham levado à emissão de carbono na atmosfera, ou retê-los e listá-los no marketplace da plataforma, usando-os como veículos de investimento.

Para cada token que usar para compensar suas próprias atividades, o detentor receberá um NFT colecionável cuja arte foi criada com exclusividade para o projeto.

Além de comprar os tokens diretamente, os interessados também poderão recebê-los em compras com marcas ambientalmente conscientes que colaboram com a plataforma. Entre as muitas que confirmaram participação, estão gigantes como Microsoft, Hugo Boss e Adidas.

Um dos pontos de interesse do uso da plataforma IMPT.io é que os projetos que receberão o dinheiro da compra dos créditos de carbono passarão por auditoria independente, de modo que os investidores possam estar tranquilos quanto ao bom uso dos seus recursos.

Fundamentos da moeda parecem sólidos e promissores

Em resumo, podemos dizer que o IMPT é uma criptomoeda que se propõe a ser um instrumento de combate à Mudança Climática, tornando mais fácil (além de potencialmente lucrativo) para pessoas comuns o investimento em créditos de carbono. Além disso, as empresas ganham a chance de destacar-se diante dos consumidores e da sociedade em geral.

O ângulo ecológico certamente empresta atração ao IMPT. Além disso, seus fundamentos, expostos no white paper publicado no site da plataforma, parecem sólidos. A limitação do suprimento de tokens a um teto, estabelecido em 3 bilhões de unidades, é um mecanismo anti-inflacionário que pode tranquilizar os investidores.

O IMPT talvez complete sua pré-venda bem antes do esperado, tendo em vista o entusiasmo dos investidores nessa fase. Embora seja difícil prever o comportamento de um criptoativo, tudo indica que, nos próximos meses, o Impact Project encontrará uma demanda muito grande e ganhará valor, provando ser a melhor criptomoeda ligada à preservação do ambiente para o ano de 2023, superando, por exemplo, o SolarCoin e o Powerledger.

Um dos pontos fortes do IMPT é a atração que a plataforma a que está ligada poderá exercer sobre investidores que valorizam a abordagem ESG (ambiental, social e governamental), que confere peso a como negócios lidam com questões sociais.

Diante de tudo isso, não faltam motivos para acreditar que a cotação de IMPT vá seguir depois da pré-venda um padrão parecido com a do Tamadoge, que teve uma alta explosiva logo depois de sua primeira listagem em uma exchange.

———————-

Leia mais:

Esta moeda subiu mais de 300% em 7 dias e será a próxima meme coin a atingir US$ 1

———————