O projeto Move-to-Earn do Fight Out está atraindo a atenção dos investidores – Saiba o motivo

Killian A.
| 6 min read

Aviso: A seção Conversa de Mercado apresenta insights de analistas e traders da indústria cripto e não faz parte do conteúdo editorial do Cryptonews.com.

O novo projeto com tecnologia move-to-earn (M2E) ou movimente-se para ganhar, Fight Out, está gerando grande agitação no investidores do mercado cripto. Isso porque, em pouco tempo de pré-venda, o ativo já arrecadou mais de US$ 2,5 milhões em investimentos em seus poucos dias de lançamento.

O projeto está definido para revolucionar o espaço M2E com o desenvolvimento de seu novo aplicativo  fitness e planeja construir academias do mundo real equipadas com recursos Web3.

Outra novidade incrível que o projeto está trazendo neste início de pré-venda é o fato de Fight Out estar oferecendo aos novos investidores até 50% em tokens FGHT de bônus durante a pré-venda e está realizando uma oferta de tokens de US$ 250 mil. 

Comprar tokens FGHT agora

O que é Fight Out?

Como mencionado acima, o Fight Out é um projeto com tecnologia move-to-earn que acaba de lançar a primeira etapa de sua pré-venda de tokens FGHT.

Os investidores estão se reunindo para comprar seus tokens antecipadamente, não apenas para aproveitar até 50% em bônus, mas porque o projeto já está se tornando o principal projeto M2E em cripto. Além disso, as pré-vendas tem sido uma boa fonte de lucro durante a baixa do mercado. 

Nesta mesma linha, o STEPN é atualmente o maior projeto M2E com um valor de mercado de cerca de US$ 150 milhões. No entanto, em seu pico, foi de mais de US$ 2,4 bilhões, o que depois acabou culminando com uma queda significativa. Alguns usuários acabaram rejeitando o projeto STEPN pelo alto custo dos NFTs e um sistema de recompensas falho que os exige altas cargas de exercício, uma vez que não computa todos os movimentos.

O Fight Out evitará essas armadilhas trabalhando com um modelo tradicional de assinatura ou associação, em vez de propriedade NFT, e oferecendo um sistema de recompensas de treino muito mais completo que não se concentra apenas nas etapas.

App Fitness Fight Out

O aplicativo de condicionamento físico Fight Out é acessado por meio de um modelo de assinatura e permite que os usuários criem um perfil de condicionamento físico digital que recebe regimes de exercícios personalizados e individualizados.

A tecnologia inteligente rastreia movimento, indicadores-chave de esforço, nutrição e até sono para criar um perfil completo, totalmente personalizável e representado por um avatar digital animado, o que significa que não pode ser vendido ou trocado.

Em vez de se concentrar apenas em uma área de condicionamento físico e treinamento, o Fight Out oferece uma abordagem holística que abrange treinamento de força e cardiovascular, bem como técnica e bem-estar mental. Para isso, o projeto disponibiliza profissionais em todas essas áreas.

Enquanto o token FGHT sustenta o projeto e também  será usado para construir e desenvolver academias do mundo real, os usuários do aplicativo são recompensados por concluir exercícios em casa ou na academia com a moeda REPS no aplicativo, que não tem valor fora do aplicativo.

No entanto, o REPS tem um caso de uso amplo e variado, desde a obtenção de descontos em assinaturas de aplicativos ou academias, agendamento de sessões de treinamento pessoal ou compra de roupas, suplementos e equipamentos de treinamento.

Além de ganhar REPS por concluir exercícios individuais, os usuários também podem ganhar recompensas adicionais competindo em desafios diários, semanais e mensais, bem como enfrentando outros membros da comunidade Fight Out.

Comprar tokens FGHT agora

Academias Web3 do Fight Out

Uma parte importante do ecossistema Fight Out são seus planos ambiciosos de construir academias do mundo real em locais importantes ao redor do mundo.

As academias funcionarão como centros comunitários e terão uma variedade de recursos Web3 integrados, incluindo sensores que rastreiam exercícios e uma espécie de espelhos que apresentam os avatares digitais do aplicativo do usuário.

A localização adequada para as academias já estão sendo pesquisadas, com o roteiro e o whitepaper informando que a primeira academia será comprada no primeiro trimestre de 2023, com planos de inauguração no quarto trimestre.

Embaixadores do Fight Out

Outra característica importante do projeto é que eles farão parceria com atletas e treinadores de elite do mundo dos esportes de combate, como boxe e UFC,  para não apenas ajudar a comercializar o projeto, mas também oferecer conteúdo exclusivo para usuários do aplicativo.

Isso pode incluir regimes de treino no estilo masterclass ou acesso aos bastidores dos campos de treinamento.

O projeto Fight Out já tem seus quatro primeiros embaixadores engajados e escolhidos. Estamos falando das estrelas do UFC Amanda Ribas e Taila Santos, a ex-campeã mundial de boxe Savannah Marshall e o “Muscle Ninja” Tremayne Dortch.

Taila Santos é atualmente a 12ª no ranking pound-for-pound  do UFC, a 2ª no peso mosca e lutou pelo título mundial em junho. Já Amanda Ribas é a 9ª  no peso palha e tem mais de 2 milhões de seguidores no Instagram.

A rainha do boxe britânico Marshall só perdeu seu título mundial para Claressa Shields na luta de boxe feminina mais assistida de todos os tempos em outubro, com uma revanche prevista para o verão. Tremayne Dortch, por sua vez, apareceu anteriormente no programa de TV American Ninja Warrior e construiu uma impressionante mídia social como personal trainer. Ou seja, o projeto conquistou um time de feras e lutadoras de destaque. 

Comprar tokens FGHT agora

Pré-venda do Fight Out

A pré-venda do Fight Out ainda está em sua primeira fase com tokens FGHT à venda por apenas US$ 0,0166 cada.

Mais de US$ 2,5 milhões foram arrecadados, o que significa que a primeira etapa está mais de 50% concluída. Isso quer dizer que o tempo é extremamente limitado para os investidores coletarem até 50% mais tokens em bônus.

Os tokens extras são obtidos ao optar por bloquear tokens por um período mais longo ou ao gastar uma quantia maior, adquirindo mais tokens na pré-venda.

Por exemplo, se um investidor decide comprar mais de US$ 50.000 em FGHT e optar por bloquear tokens por 24 meses, receberá 50%. Isso corresponde a 25% no valor da compra e 25% no período de carência em que o token está bloqueado.

Concluída a primeira fase da pré-venda, que tem a meta de US$ 5 milhões, o bônus não apenas terminará, mas o preço dos tokens FGHT aumentará a cada segundo até um máximo de US$ 0,0333 em 31 de março. Isso que dizer que o ativo terá um aumento de 100% sobre o preço atual, com listagens de câmbio centralizadas esperadas a partir de 5 de abril.

Para obter instruções completas sobre como comprar tokens FGHT, leia nosso guia para iniciantes.

O projeto também está realizando uma distribuição de tokens FGHT de US$ 250.000, onde os investidores, que obrigatoriamente devem possuir pelo menos US$ 250 de FGHT para serem elegíveis, podem multiplicar suas entradas concluindo tarefas nas mídias sociais.

O Fight Out foi desenvolvido por uma equipe doxxed e verificada pelo KYC com longa experiência no mundo dos esportes de combate, com o CEO Carl Jones já proprietário de uma academia de boxe com longa experiência no desenvolvimento de aplicativos.

A equipe foi verificada pela CoinSniper e o  token FGHT foi  auditado pela principal empresa de segurança blockchain Certik. Para obter mais informações e as últimas notícias sobre o Fight Out, leia o whitepaper ou participe do grupo do Telegram.

Comprar tokens FGHT agora