`
. 14 min read

O que é investimento ético – Guia completo

Você já parou para pensar sobre o que é investimento ético?

Para muitas pessoas pensar em investimento sempre foi sinônimo de maximizar seus lucros através de ativos, sem necessariamente se preocupar com a forma como as empresas administram ou geram seus dividendos.

Entretanto este cenário tem mudado de maneira cada vez mais acelerada, e por isso, muitos investidores, iniciantes e não, tem tido uma preocupação cada vez maior com aquilo que estão contribuindo.

Por isso, muitos investidores tem cada vez mais se preocupado em alinhar seus valores com seu portfólio de investimentos.

Dessa maneira, temos aqui uma nova forma de direcionar seus ativos, através daqui que, está cada vez mais em alta, o investimento ético.

Por isso, separamos este artigo para explicar um pouco mais sobre esta tendência em investimentos e também para auxiliar aquelas pessoas que não querem apenas rentabilidade, mas fazem questão de saber como investir de maneira que não cause impactos negativos na sociedade.

O que é investimento ético?

Para saber o que é investimento ético é importante definir o que significa ética, um conceito que, apesar de fazer parte de nosso cotidiano, pode ser um pouco confuso.

Ética se define pelas noções que temos, como sociedade, daquilo que é certo e errado, e, ela se fundamenta por princípios teóricos. Assim, a ética direciona nossos hábitos e costumes.

Dessa forma, investimento ético é um tipo de investimento que leva em consideração as crenças, valores e a ética pessoal da pessoa na hora de escolher as empresas que irá investir.

Por isso, além da rentabilidade, você passa a ponderar se os valores defendidos por aquela empresa ou grupo, representam ou dialogam de alguma forma com os seus valores pessoais.

Assim, você evita investir em empresas que representam ou vão contra suas crenças e maneira de ver o mundo. Aqui, entendemos que o investidor passa a priorizar valores morais, sociais, ambientais e até religiosos para além do desempenho de um determinado ativo

Neste sentido, a escolha para investir transpassa a questão da rentabilidade, não que ela não precise estar presente, mas o investidor não se baseia apenas nisso. E, na hora de tomar a decisão final, tudo isso será levado em consideração.

Quando você opta por realizar investimentos éticos você evita não apenas negócios suspeitos ou ilegais que possam estar em ascensão, mas mesmo aqueles não são socialmente responsáveis.

Além disso, o investimento ético evita projetos controversos, como por exemplo a indústria do tabaco por representar um segmento não saudável ou mesmo a indústria das armas que esta relacionada com as polêmicas de legislação.

Vale ressaltar ainda que não existe a maneira correta para se realizar investimentos éticos, principalmente porque cada pessoa possui seu próprio código de valores e conduta. Dessa maneira, o importante é cada investidor formar seu portfólio de acordo com suas crenças.

Dessa forma, se você quer investir mas se preocupa com as ações e condutas das empresas e não gostaria de contribuir com aquilo que contraria sua maneira de ver a vida, o caminho certamente é o investimento ético.

Por que realizar investimentos éticos?

Como vimos, estamos aqui falando sobre alinhar sua bússola moral com sua carteira de investimentos, e hoje temos no mercado inúmeros projetos que e uma infinidade de fundos mútuos sustentáveis.

De maneira geral, o investimento ético se se relaciona com investimentos inteligentes, que levam em consideração o impacto ambiental, a relação empresa e funcionários, o desenvolvimento sustentável e as rela

Como já falamos, o investimento ético é a prática de selecionar investimentos com base em princípios éticos ou morais. E de maneira geral, produtos e serviços controversos como tabaco, álcool e armas também são evitados.

Isso porque ao realizar investimentos você está fazendo aportes de dinheiro com intuito de contribuir para o crescimento de uma empresa ou setor, e assim, lucrar junto dela.

Por isso, realizar investimentos éticos é uma forma de contribuir com a construção de uma sociedade mais sustentável, investindo em projetos que tragam soluções e que possam lucrar com isso.

Por onde começar

O primeiro passo é saber exatamente o que você considera como ético. Dessa forma você já pode excluir algumas possibilidades e pesquisar outras.

Uma vez que você tenha em mente qual ramo ou segmento que deseja investir, deve pesquisar sobre o funcionamento e diretrizes dessa empresa.

Toda empresa possui um código de conduta definido por seus valores e missão. Geralmente isso se encontra no site das companhias que divulgam a maneira como pretendem gerir seus negócios.

Consultar a missão e os valores de uma empresa é uma boa maneira para começar sua pesquisa para saber se esse seria um investimento ético.

Além disso, é possível aprofundar sua pesquisa, e verificar se essa companhia está envolvida com algum escândalo, como por exemplo denuncias de trabalho escravo.

Como funciona um investimento ético?

Em suma, um investimento ético funciona da mesma maneira que qualquer outro investimento, entretanto a principal diferença consiste na forma como você escolhe seus investimento.

Dessa forma, um investimento ético pode incluir qualquer título de investimento que atenda ao código ou padrão de ética de um investidor. Por isso, qualquer tipo de investimento pode ser ético desde que tenha aderência com esses padrões pré-estabelecidos.

Entretanto, de maneira mais prática, podemos elencar alguns tipos de investimentos que são considerados como éticos inclusive pelo mercado financeiro.

Isso significa que existem opções que são consideradas éticas praticamente de maneira unanime, e por isso não dependem do padrão moral individual para isso.

Assim, temos aqui tipos de investimento ético divididos em diferentes estilos: os de investimento ambiental, social e de governança (ESG), os que incluem investimento de impacto e o investimento socialmente responsável (SRI).

Diferentes estilos de investimento ético

Como apontamos acima existem principalmente 3 tipos de investimento ético, vamos entender um pouco melhor cada um deles.

1.     Fundos Ambientais, Sociais e de Governança (Fundos ESG)

Os investimentos ESG são bastante famosos e incluem empresas que são altamente avaliadas por seus padrões ambientais, sociais e de governança.

Dessa forma, os fundos ESG consideram em sua tomada de decisão como os riscos e oportunidades ambientais, sociais e de governança podem causar impactos materiais no desempenho de uma empresa.

Por isso, eles podem investir em sustentabilidade, mantendo o mesmo nível de retorno que fariam com uma abordagem padrão.

2.     Investimentos de impacto

Os títulos de investimento de impacto são aqueles com a finalidade de usar dinheiro para causar um impacto social ou ambiental positivo.

Dessa forma, eles procuram agressivamente criar mudanças éticas que apoiem as empresas que fornecem determinados produtos e serviços. Os fundos de impacto são adequados para investidores socialmente responsáveis, mas que também desejam bons retornos.

3.     Investimentos SRI

Geralmente são ações, fundos mútuos ou ETFs que investem em empresas que causam um impacto positivo ou sustentável com base em certos valores religiosos, políticos, de governança corporativa ou pessoais.

Os fundos do SRI evitam investir em áreas controversas, como jogos de azar, armas de fogo, tabaco, álcool e petróleo. Aqui, o valor moral do investidor recebe importância crítica na seleção de investimentos.

Portfólios para investimento ético

Para quem quer participar desta cadeia de investimento ético mas não sabe exatamente por onde começar, uma boa sugestão é utilizar portfólios prontos.

Se você deseja iniciar seu portfólio saiba que pode sempre contratar consultores, ou, de maneira mais econômica, utilizar robôs que realizam estas consultas.

Por isso separamos aqui embaixo uma seleção de consultores-robôs que oferecem portfólios pautados no investimento ético.

  • Wealthfront: Oferece um portfólio pré-fabricado socialmente responsável, principalmente através de ETFs socialmente responsáveis.
  • Merrill Edge: você pode investir em um portfólio ESG e solicitar restrições em determinados ETFs.
  • Ellevest: caretiras investidas em até 53% dos fundos ESG e de impacto.
  • Ally Invest: opção de Portfólio Gerenciado Socialmente Responsável.
  • Acorns: portfólios sustentáveis ​ com ETFs sustentáveis ​​
  • E-Trade: um portfólio que inclui um ETF ESG.
  • Axos Invest: investimentos em áreas temáticas como energia limpa e empresas com maior representação de mulheres em cargos de liderança sênior.

Como fazer um investimento ético?

Como já apontamos, para investir eticamente é preciso alinhar suas finanças com suas crenças e valores pessoais. Para auxiliar separamos um pequeno passo a passo para sua linha de raciocínio:

Etapa 1 – Defina o que considera ético

Como já mencionamos durante este artigo é preciso que você tenha bem claro o que considera ético ou não para poder começar sua busca.

Isso porque, na maioria das vezes, as empresas deixam claro quais são seus valores e quais ideias defendem.

Uma dica prática seria descrever o que você considera um investimento ético, por exemplo, você considera uma empresa de petróleo que atue dentro das normas e códigos como ética?

Essa é uma resposta pessoal, mas saber esse tipo de coisa é o melhor guia para definir alguns parâmetros importantes.

Etapa 2 – Faça uma pesquisa

Depois que você tiver os parâmetros bem definidos é hora de pesquisar quais são as empresas e fundos que vão ao seu encontro.

Para construir seu próprio portfólio é interessante pesquisar os relatórios de sustentabilidade da empresa ou encontrar classificações de sustentabilidade.

Além disso, você pode considerar principalmente dois tipos de ativos para seu investimento ético, ações ou fundos.

Quando falamos sobre ações estamos falando de empresas de capital aberto, e temos aqui uma infinidade de oportunidades.

Vale ressaltar que algumas empresas oferecem um relatório de sustentabilidade, dessa forma fica mais fácil analisar quais são as iniciativas e decisões que esta empresa tem tomado para saber se ela está alinhada com aquilo que você considera como ético.

Já os fundos também oferecem diferentes opções, entretanto como existem diferentes fundos que geralmente abarcam em uma mesma cesta muitas empresas, este tipo de análise individual fica um pouco mais complicada.

Dessa forma, a melhor opção para quem optar por um investimento ético em fundos é escolher fundos que trabalham diretamente com projetos que você julgue importante, como por exemplo fundos de energia limpa. Os fundos que incluem ESG são sempre bem vistos do ponto de vista ético.

Para saber mais sobre os detalhes de um determinado fundo, você deve examinar seu prospecto, que deve estar vinculado ao site do seu corretora. Você deve procurar duas coisas em particular: as participações de um fundo (uma lista de todas as empresas nas quais um fundo investe) e seu índice de despesas.

Etapa 3: Escolha uma corretora

Uma vez que você tenha definido qual tipo de investimento ético deseja fazer e já tenha feito uma pesquisa prévia, chegou o momento de escolher uma corretora para poder investir na prática.

A escolha da corretora é de extrema importância uma vez que é através dela que você fará seus aportes e concentrará seus investimentos.

Assim, para escolher uma corretora é importante levar principalmente dois fatores em consideração, segurança e taxas.

Segurança porque a corretora precisa ser séria, certificada e também oferecer uma plataforma segura para seus clientes. E taxas porque o principal objetivo é lucrar, e seu lucro não pode ser consumido por taxas abusivas.

Dessa forma, nós indicamos principalmente as corretoras eToro e XTB, por se tratarem de se exchanges certificadas, com tempo no mercado financeiro, seguras e com taxas competitivas.

Por exemplo, você pode optar por abrir sua conta na eToro de maneira rápida e fácil através de sua plataforma.

Ali você pode procurar por um ETF como o KraneShares que vem apresentando um bom desempenho.

Ao criar sua conta, transferir fundos você pode investir em um ativo que realmente representa um investimento ético. 

O que você deve saber sobre investimento ético

Como vimos até aqui, falar em investimento ético é um assunto complexo uma vez que o próprio conceito de ética pode adotar diferentes perspectivas para as pessoas.

Entretanto, de maneira objetiva, quando falamos sobre investimento ético estamos considerando criar uma carteira de ativos que sejam economicamente viáveis de maneira mais sustentável.

E, em resumo, temos principalmente os investimentos ESG, investimento ambiental e também os socialmente responsáveis SRI.

Escolha aquele que mais se alinha a sua forma de pensar e também a sua estratégia financeira.

Lembrando que um dos principais objetivos dos investimentos éticos é evitar investir em empresas que produzem produtos que vão contra os valores sociais, morais e religiosos do investidor.

O investimento ético é lucrativo?

A resposta simples para esta questão seria Sim, um investimento ético é lucrativo, entretanto, quando pensamos em investimento precisamos levantar alguns pontos.

O lucro depende de diferentes fatores, inclusive de sua expectativa em relação aos seus investimentos, ou ainda se você pretende investir em curto, médio ou longo prazo.

Dessa forma, é preciso considerar qual tem sido a perspectiva de lucros e crescimentos sobre o investimento que você optar.

Em suma, um investimento ético é lucrativo porque ainda estamos falando de uma empresa que pretende gerar capital, mas que entende que, para isso, não preciso agir de maneira contrária a seus valores ou destruindo o meio ambiente, por exemplo.

Por isso, as empresas buscam sim a lucratividade, mas de maneira muito mais sustentável.

Principais vantagens

Entre as principais vantagens que o investimento ético pode apresentar, certamente uma das melhores é poder fazer parte de um projeto que você acredite, e que seja benéfico para a sociedade.

E é exatamente isso que muitos investidores buscam hoje em dia. Não basta apenas lucrar, mas é muito importante saber como lucrar.

Dessa forma, quando uma pessoa opta por realizar o investimento ético ela está escolhendo aportar dinheiro em projetos que tendem a contribuir com o que há de melhor na sociedade.

O Veredito

Quando falamos sobre investimento ético estamos falando da possibilidade de investir em empresas e projetos que dialogam e vão ao encontro daquilo que você julga como positivo para a sociedade.

Dessa forma, estamos falando de valores que são importantes e representam alguma coisa para você.

Por isso o investimento ético permite que o investidor construa seu portfólio a partir daquilo que de alguma forma adere ao seu código de ética pessoal.

Dessa forma, passa a ser possível lucrar ao mesmo tempo que se contribui com projetos que, de alguma forma, podem melhor a sociedade.

Perguntas Frequentes

O que é investimento ético?

Um investimento ético é aquele que dialogo com as crenças e valores do investidor e que, de maneira geral, fazem parte de projetos mais sustentáveis.

É possível lucrar com investimento ético?

Sim, principalmente porque há um aumento na demanda pro projetos que contribuam para soluções ambientais e sociais.

Quais as melhores opções para quem quer começar um investimento ético?

As principais opções em termos de mercado são ESGs, investimento ambiental e também os socialmente responsáveis (SRI).

---------------------