. 1 min read

OKEx muda nome para OKX conforme expande seus Negócios

A principal exchange de criptomoedas OKEx mudou seu nome de marca para OKX, pois diz que agora é “muito mais do que uma exchange”.

“Nosso objetivo é dar aos clientes as ferramentas necessárias para facilmente e com segurança ganhar, transferência e gastar sua riqueza como entenderem, sem intermediação”, Jay Hao, CEO da OKX, disse. “Retiramos o ‘E’ do nosso nome porque somos muito mais do que uma exchange, assim como as criptomoedas são muito mais do que um ativo especulativo.”

A empresa observou que eles pretendem atuar em segmentos como finanças descentralizadas (DeFi) e tokens não-fungíveis (NFTs) para jogos play-to-earn. 

O CEO acrescentou que o novo nome OKX “defende os princípios fundamentais da – descentralização e autonomia.”

“Estamos indo além do modelo de exchange centralizada padrão para oferecer aos clientes uma experiência completa”, acrescentou.

A OKX também vem desenvolvendo um conjunto de produtos descentralizados para aumentar sua presença na Web 3, como a MetaX, uma carteira não-custodiada compatível com vários blockchains, um mercado NFT e uma exchange descentralizada (DEX) ainda a ser lançada, apelidada de OEX. 

Fundada em 2017 como OKEx, a plataforma diz que já integrou mais de 20 milhões de usuários em todo o mundo. A empresa é agora a segunda maior exchange de criptomoedas por volume de negociação à vista, tem um volume de negociação “normalizado” em 24 horas de mais de US$ 5 bilhões, e lista 535 pares de negociação, de acordo com dados do CoinGecko.com. A Binance é a líder, com US$ 14 bilhões volume de negociação e 1.420 pares de negociação.
____
Leia Mais:

Número de Devs em Solana, Polygon e Cardano cresce mais Rápido que no Ethereum

Tesouro do Rio de Janeiro vai manter 1% das Reservas em Criptomoedas