OpenSea: usuários podem economizar no custo do gás após migração para porto marítimo

Fonte: AdobeStock / FellowNeko

A OpenSea, maior mercado de tokens não fungíveis (NFT) do mundo em termos de volume de negócios, anunciou uma grande migração que, segundo eles, permitirá que os usuários economizem "cerca de 35%" em taxas de gás.

O mercado está migrando para um novo protocolo de mercado Web3 chamado Seaport, projetado para permitir que os usuários negociem ativos digitais "com segurança e eficiência", de acordo com um anúncio recente.

“O Seaport é um divisor de águas – é de código aberto, inerentemente descentralizado e uma base moderna que nos ajudará (e qualquer equipe que o use) a construir e lançar novos recursos mais rapidamente”, disse o anúncio.

Entre os benefícios mais notáveis ​​do novo protocolo é que ele é bem otimizado para a eficiência das transações. "Você economizará cerca de 35% em taxas de gás para transações usando o Seaport", afirmou a OpenSea, acrescentando que isso se traduziria em mais de US$ 460 milhões em economia total com base nos dados do ano passado.

Além disso, com esta nova migração, a taxa de implantação de proxy, uma taxa de configuração única que os novos usuários atualmente precisam pagar para usar o OpenSea, também será dispensada. Isso pode ajudar os usuários a economizar mais US$ 120 milhões por ano, de acordo com a OpenSea.

A nova atualização também permitirá que os usuários “construam rapidamente novos recursos que antes eram impossíveis”. Isso inclui Ofertas de Coleção, que são ofertas em todos os itens de uma coleção, bem como Ofertas de Traço, ofertas em um grupo de itens com atributos específicos.

"Agora também mostramos a % de raridade, o preço mínimo e a oferta mais alta - tudo filtrado por atributo, para que você tenha melhores informações para decidir quanto oferecer", acrescentou a OpenSea.

Seaport é um projeto de código aberto da OpenSea. O mercado anunciou o protocolo no mês passado e pediu aos desenvolvedores e criadores que começassem a construir em cima dele.

____

Leia mais:

Bitcoin e Ethereum recuam e Altcoins reduzem ganhos

Uma em cada sete pessoas ricas agora possui 'ativos digitais', diz pesquisa