07 Jul 2022 · 2 min read

Quais são os países com maior adoção de criptomoedas?

As criptomoedas podem ser consideradas o ativo mais quente, apesar da turbulência atual do mercado. No entanto, com a pandemia de Covid, em 2021, o Bitcoin quebrou seu recorde histórico, que triplicou para chegar a US$ 68.000. Apesar de um 2022 difícil, em que perdeu vários apoios importantes e está na faixa dos 20K, há muitos países que estão na vanguarda. 

A empresa de pesquisa Chainalysis realizou uma análise chamada “A Geografia das Criptomoedas”. Neste estudo, entre muitos pontos, ele analisou quais territórios têm mais transações. A Ásia, líder em tecnologia, domina o ranking.

Tomando como referência a métrica valor recebido on-chain, valor de venda recebido on-chain e o volume negociado em P2P, o Vietnã aparece como número 1. Índia e Paquistão são os que completam o pódio.

Em oitavo lugar estão os Estados Unidos, enquanto outras três nações latino-americanas também se destacam. A Argentina está em 10º lugar, a Colômbia em 11º e o Brasil em 14º. 

Os brasileiros merecem destaque: na métrica de valor recebido on-chain, estão em quinto lugar no mundo, atrás apenas de China, Índia, Estados Unidos e Vietnã.

Não é difícil encontrar um fator comum nos países mencionados: pobreza e moedas inseguras. Os ativos digitais, que surgiram em resposta à crise de 2008, respondem como ativos de salvaguarda além de sua volatilidade. A expectativa é definida no futuro, razão pela qual El Salvador e a República Centro-Africana definiram o BTC como moeda legal.

A América do Sul, com apenas 13 países, tem quatro no top 25 com maior adoção de criptomoedas. Será a região que liderará a revolução econômica do futuro?

Mais atrás aparece a Ucrânia, atualmente em guerra com a Rússia; Quênia e Nigéria, duas nações com graves problemas político-econômicos, e a Venezuela, um dos países com maior inflação acumulada nos últimos anos.

------

Leia mais:

Polium One, o console que promete jogos, mercado NFT, carteira e muito mais

Bitstamp retira taxa de inatividade após reação da Community

 

 

---------------------