Ripple faz 'Bom Progresso' em Disputas Legais com a SEC, Afirma Brad Garlinghouse

A empresa americana de blockchain Ripple está fazendo “bons progressos” em seus esforços para resolver seu conflito legal com a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), esperando encerrar a disputa em 2022, de acordo com o presidente-executivo.

Brad Garlinghouse, CEO da Ripple, disse que o caso legal, que é centrado no XRP token da empresa, está avançando lentamente, embora em direção a um resultado potencialmente favorável.

“Estamos vendo um progresso muito bom, apesar de um processo judicial lento”, disse o CEO à emissora local CNBC. “É evidente que estamos vendo boas perguntas feitas pelo juiz. E eu acho que o juiz percebeu que não se trata apenas do Ripple, isso terá implicações mais amplas”.

O caso do regulador americano contra Ripple está centrado na acusação de que a empresa iniciou uma oferta de valores mobiliários não registrada. No entanto, a agência também tem tentado estender a batalha jurídica aos executivos da empresa, a quem acusa de lucrar com a venda do XRP, como demonstrado pela tentativa fracassada da SEC de garantir os registros financeiros pessoais de Chris Larsen, presidente executivo da Garlinghouse e da Ripple.

Depois de ganhar uma série de pequenas vitórias nos últimos meses, Ripple também sofreu alguns reveses importantes, depois que o juiz presidente ordenou que Ripple entregasse mensagens do Slack trocadas por ex e atuais funcionários da empresa ao regulador.

Enquanto isso, a empresa sediada em San Francisco tem feito esforços para expandir sua presença internacional. Os executivos da Ripple elogiam os esforços dos reguladores em várias partes do mundo, contrastando-os com posturas mais conservadoras adotadas por autoridades de países como China e Índia, entre outros.

Garlinghouse disse que Emirados Árabes Unidos, Japão, Cingapura e Suíça foram alguns dos países que demonstraram “liderança” na criptografia.

“Em geral, a direção da viagem é muito positiva”, afirma o CEO.

____