BitShares
BitShares
BTS

BitShares

BTS é a principal criptomoeda da plataforma BitShares mantida pela comunidade BitShares, que é um consórcio aberto de indivíduos e organizações com o objetivo de fornecer acesso universal a contratos inteligentes.

Valor de Mercado Volume 24h Suprimento Circulante Suprimento Máximo
$9,498,547 $85902900 2995060000.00000000 BTS 2995060000.00000000 BTS

Assim que o investidor adquire o BTS, ele passa a ser acionista do negócio descentralizado BitShares e pode receber uma parte dos lucros e participar do gerenciamento da plataforma.

Anunciada como BitShares X em 2013 por famosos na comunidade de criptografia, como Daniel Larimer, Charles Hoskinson e Stan Larimer, a plataforma abandonou o X para se tornar simplesmente BitShares em 2014.

O projeto visa levar o blockchain a todos os setores que exigem internet para fornecer seus serviços. Inclui serviços bancários, bolsas de valores, loterias, votação, música, leilões ou muitos outros. De acordo com o BitShares, um livro-razão público digital permite criar uma empresa autônoma distribuída (ou DAC) que fornece “serviços de melhor qualidade por uma fração do custo incorrido por suas contrapartes mais tradicionais e centralizadas”.

A BitShares afirma que o DAC pode ser executado sem envolvimento humano e sob o controle de um conjunto de regras de negócios codificadas em software de código aberto publicamente auditável e distribuído nos computadores dos acionistas da empresa.

Entre muitos recursos, o BitShares também oferece um câmbio descentralizado e SmartCoin, um stablecoin cujo valor é atrelado ao de outro ativo, como o dólar americano ou ouro. O projeto afirma que os SmartCoins sempre têm pelo menos 100% do seu valor respaldado pelo BTS, para o qual podem ser convertidos a qualquer momento.

A plataforma está usando a tecnologia Graphene, que é capaz de lidar com 100.000 transações por segundo. A Bitshares afirma que várias empresas, como bancos, bolsas e comerciantes já estão integrando essa tecnologia para possibilitar remessas internacionais instantâneas, pagamentos corporativos, votação e comércio descentralizado.

Em outubro de 2018, quase 2,6 bilhões de moedas BTS estavam em circulação (do suprimento máximo de 3,6 bilhões de BTS). Sua capitalização de mercado é de US$ 270 milhões, abaixo de seu recorde histórico de mais de US$ 2 bilhões no início de 2018.

BitShares opera um fundo de reserva com 1,2 bilhão de moedas BTS cujo valor flutua com base em preços diários e taxas cobradas. Ele existe para fornecer um recurso orçamentário estável com o qual a plataforma pode contar caso sua operação enfrente dificuldades.

As moedas BTS estão disponíveis para negociação na Bitshares exchange descentralizada e outras exchanges de criptomoedas como Binance e Poloniex.