Waves
Waves
WAVES

Waves

Lançado em 2016, o projeto Waves se desenvolveu em um ecossistema que consiste em uma plataforma de blockchain para a criação de tokens personalizados, uma solução de contrato inteligente e uma exchange descentralizada dedicada chamada Waves DEX.

 

Valor de Mercado Volume 24h Suprimento Circulante Suprimento Máximo
$296,888,381 $5190041834 114651316.00000000 WAVES 0.00000000 WAVES

A plataforma Waves foi fundada como uma solução para o que seus desenvolvedores percebiam como a lenta implementação do blockchain em aplicações do dia-a-dia que envolvem o gerenciamento de ativos digitais. Eles acreditam que o processo de adoção do blockchain seria acelerado e feito para cobrir mais campos, desde que os seguintes problemas fossem resolvidos:

  • A principal tarefa do Blockchain para garantir a transferência de valor por meio de “tokenização” de ativos digitais é muitas vezes ofuscada por outras considerações, como o foco em contratos inteligentes. A plataforma Waves quer tornar mais fácil a tokenização, compra e venda de vários ativos digitais em plataformas de criptografia, não importando qual moeda fiduciária ou criptográfica é dominante em qualquer parte do mundo.
  • As ICOs são um componente importante do lançamento do projeto blockchain, mas sua criação dificilmente é um processo fácil. Um dos principais argumentos de venda do projeto Waves é sua intenção de se tornar uma plataforma para o lançamento de ofertas iniciais de moedas (ICOs) de maneira econômica e amigável.
  • O processo de troca de tokens após o lançamento do projeto geralmente não tem suporte suficiente em várias exchanges de criptomoedas. A plataforma Waves inclui a exchange descentralizada Waves (DEX), que permite que seus usuários negociem seus criptos mainstream pelo token Waves ou qualquer outro token criado na plataforma Waves. Ele também serve como porta de entrada para moedas fiduciárias, como USD ou EUR.
  • O Blockchain precisa ser mais rápido, escalonável e descentralizado. Para melhorar isso, o projeto Waves inclui a implementação do protocolo Waves-NG, que aumenta o rendimento da plataforma enquanto acelera os tempos de criação de blocos e reduz o potencial de bifurcações desnecessárias.
  • Os mecanismos de contratos inteligentes devem ser otimizados para lidar com vários ativos. A plataforma Waves se propõe a tornar isso mais fácil com sua proposta de implementação da linguagem de contrato inteligente dedicada chamada RIDE, que permite a criação de categorias como “ativos inteligentes” e “contas inteligentes”.

Como você pode usar tokens personalizados criados na plataforma Waves?

A plataforma Waves para a criação de tokens personalizados visa se tornar uma solução versátil para vários casos de uso no blockchain. No centro desse processo está o método da “moeda colorida”, que envolve o gerenciamento de ativos do mundo real por meio de sua associação com endereços no blockchain. Os tokens criados na plataforma Waves podem ser vinculados a moedas fiduciárias e outros ativos reais, como títulos, propriedade intelectual, ações etc.

Como tal, os casos de uso para os tokens personalizados podem incluir:

  • Criação de moedas digitais personalizadas por empresas que desejam torná-las um meio de pagamento por bens e serviços dentro de um projeto específico.
  • Garantir financiamento coletivo para projetos. Criar tokens personalizados significa ser capaz de transferir valor de uma maneira mais fácil, uma vez que os tokens são personalizados de acordo com as necessidades dos usuários e investidores que participam de uma ICO.
  • Os tokens personalizados também podem ser usados ​​como aposta em um modelo de votação descentralizado ou como parte do sistema de classificação.
  • Iniciar um esquema de fidelidade do cliente ou desconto com recompensas baseadas em tokens. Veja, por exemplo, o que o Burger King fez com seu Whoppercoin lançado na Rússia em 2017 com a ajuda da plataforma Waves. Como parte de seu programa de fidelidade, os clientes do Burger King recebiam um Whoppercoin para cada rublo que gastavam em restaurantes.

Como as transações são gerenciadas no Waves?

Para tornar isso possível, a plataforma Waves foi projetada para suportar tanto a criação de tokens quanto a realização de transferências com eles como se fossem “anexos” a novas transações no blockchain. Isso é feito para contornar o problema relacionado à adição de novos tipos de transação a uma rede existente, o que vem com o risco de ter que lidar com hard forks. A razão para isso é o fato de que o software cliente de uma rede precisa ser atualizado para dar suporte a essas transações.

O que a plataforma Waves faz para lidar com isso é tratar as novas transações como plug-ins, o que significa que elas não são tratadas como o “núcleo” do software cliente usado para gerenciá-las. Em vez disso, esses novos tipos de transações são tratados como “extensões” do software cliente, o que significa que os usuários podem retransmiti-los e participar das operações da rede, mesmo não tendo os plugins apropriados instalados. Isso fornece aos desenvolvedores terceiros a flexibilidade de criar e oferecer novos tipos de transações em um ambiente que se assemelha a lojas de aplicativos com os quais a maioria dos usuários está familiarizada.

Como criar tokens personalizados com Waves?

A plataforma Waves oferece o que descreve como um processo de criação de token flexível e rápido que pode ser concluído em questão de minutos. O processo é projetado para ser o mais simplificado possível, com os desenvolvedores do Waves prometendo que não exigirá que o usuário possua conhecimento tecnológico:

1) Primeiro, você precisa baixar o aplicativo WavesLite ou ir diretamente para o site do Waves e procurar a Carteira Waves.

2) Selecionar a opção Criação de token permite a personalização do nome e da descrição do token, o fornecimento planejado de tokens criados, sistema decimal etc.

3) Uma vez que essas configurações são feitas, você pode enviar seu token ou reiniciar todo o processo.

Para criar um token customizado e ter acesso à exchange Waves, um usuário da plataforma Waves deverá reservar 1 token WAVES (WAVES), enquanto a taxa mínima de transferência de fundos é de 0,001 WAVES. No final de 2018, milhares de tokens personalizados (como o Whoppercoin mencionado anteriormente) foram criados com a ajuda do Waves.

Este recurso permite que a plataforma Waves vá de igual para igual com concorrentes como Ethereum, que ela espera vencer focando em seus pontos fortes:

  • Contratos inteligentes não são necessários para a criação de tokens
  • Nenhuma programação ou experiência de TI é necessária
  • Não há necessidade de auditoria, manutenção e monitoramento de código
  • Os tokens criados são imediatamente negociáveis ​​na exchange DEX da Waves

 

O Papel da Waves Decentralized Exchange (DEX) 

A Waves Decentralized Exchange (DEX) é uma parte integrante do ecossistema da plataforma. Como tal, é projetada para oferecer suporte aos recursos de criação de tokens da plataforma e oferecer funcionalidades básicas de negociação com anonimato garantido. Para começar, os tokens dos usuários nessa exchange descentralizada são armazenados diretamente em suas carteiras, reduzindo os riscos de hacking associados às exchanges centralizadas. Da mesma forma, a autoridade dos administradores da exchange também é descentralizada, o que significa que nenhuma sanção pode ser imposta arbitrariamente aos fundos dos usuários, como no caso de congelamento de fundos ou de limitação de sua capacidade de negociação e retirada.

A exchange DEX implementou um sistema de correspondência automatizado para pedidos de compra e venda, bem como para o gerenciamento de troca de tokens, uma vez que os requisitos dos pedidos sejam atendidos. Como o software de matchmaking da plataforma DEX é de código aberto, os nodes da rede podem implementar seus próprios sistemas de matchmaking e ganhar tokens Waves em troca de lidar com transações comerciais.

Os desenvolvedores do Waves expressaram o desejo de estabelecer parcerias com bancos que desejam emitir seus próprios tokens fiduciários. A eles e demais parceiros de negócios, a equipe da Waves promete os seguintes benefícios:

  • Liquidez genuína com mais de US$ 6.310.000 em volume médio de 24h.
  • Taxas mais baixas, totalizando menos de US$ 0,01 (0,003 WAVES) por pedido.
  • A exchange serve como porta de entrada para várias moedas fiduciárias e criptomoedas, incluindo EUR, USD, TRY, BTC, BCH, ETH, WAVES, ZEC, DASH, LTC e XMR.
  • Limites de retirada ilimitados para criptomoedas.
  • A exchange oferece suporte a vários dispositivos, com acesso baseado em navegador compatível e versões móveis dedicadas.

 

Além de seu objetivo de conquistar os participantes do setor financeiro, a plataforma Waves espera que esses recursos sejam suficientemente atraentes para afastar os usuários de seus concorrentes imediatos, como 0x, IDEX e Kyber Network.

 

O que o protocolo Waves NG traz para a mesa?

Embora a plataforma Ethereum e seu padrão de token ERC-20 tenham se tornado uma escolha popular para aqueles que desejam lançar tokens por meio de ICOs e criar contratos inteligentes, isso dificilmente significa que esta solução é 100% ótima quando se trata de vários desafios. A Waves pretende se tornar uma alternativa adequada, enfrentando questões como lentidão na velocidade das transações, altas taxas e a falta de suporte para escalonamento.

Para esse efeito, a rede Waves implementou um novo protocolo denominado algoritmo Waves-NG de consenso que supostamente permite que seu blockchain manipule “milhares de transações por minuto”, além de impedir a criação de bifurcações na rede. Esta solução foi projetada em torno da tecnologia Bitcoin-NG proposta por Emin Gün Sirer e Ittay Eyal. O modelo acaba com o princípio de descobrir blocos em intervalos semelhantes e ter as novas transações processadas assim que os mineradores conseguem enviá-las à rede. Em vez disso, o modelo Waves-NG permite selecionar o minerador com antecedência e fazê-lo criar um bloco de chaves que é carregado automaticamente com microtransações sem a necessidade de prova de trabalho adicional. Isso permite que a plataforma Waves confirme transações assim que sua rede permitir, aumentando sua capacidade e velocidade de processamento.

O Waves-NG também visa resolver o problema do gargalo de escalabilidade, fazendo com que sua rede atinja seu maior rendimento dependendo das condições e do estado da própria rede. Isso é descrito como a estratégia para minimizar a latência da transação, em vez de ir para intervalos de bloco reduzidos, o que pode comprometer a segurança e aumentar a probabilidade de bifurcações.

 

Waves como uma plataforma de contrato inteligente

Em setembro de 2018, a Waves implementou os recursos de contrato inteligente com os quais pretende competir com empresas como EOS, Lisk, NEO e Ethereum. A plataforma de contrato inteligente da Waves promete os seguintes recursos:

Ao contrário do Ethereum, por exemplo, os contratos inteligentes na plataforma Waves não exigem um equivalente de “gás” para ser executado, exigindo, em vez disso, o pagamento de uma taxa mínima.

Além disso, a equipe Waves criou uma nova linguagem de programação chamada RIDE, que foi desenvolvida especialmente para o segmento de smart contract da plataforma. A linguagem RIDE permite que os desenvolvedores criem “ativos inteligentes” e “contas inteligentes”, bem como se aproximem da criação de contratos inteligentes completos de Turing.

Ativos inteligentes são tokens de moeda virtual que representam ativos tangíveis e intangíveis do mundo real, todos os quais podem ser comprados, vendidos e trocados com base nas regras de script válidas na rede Waves. Nesse caso, o script anexado ao ativo se encarrega de validar cada transação a ele relacionada. Como tal, os ativos inteligentes devem oferecer maior autonomia, anonimato e taxas de transação mais baixas.

Arquitetura da plataforma Waves

No coração da plataforma Waves está uma arquitetura com dois recursos distintos:

A arquitetura de duas camadas foi projetada para ajudar o Waves a lidar com os problemas potenciais relacionados à escalabilidade. Isso inclui fazer com que a rede mantenha dois tipos de nodes: nodes leves e nodes completos. Os nodes leves contam com nodes completos para confirmar as transações e gerenciar as interações que ocorrem na rede Waves. Graças a isso, os nodes leves não precisam baixar o blockchain, mas sim trabalhar com o estado atual da rede. Este estado é posteriormente utilizado como base para a execução de procedimentos mais simples relativos às verificações de pagamento.

O modelo de consenso de Prova de Stake Alugada (LPoS) é descrito como a versão “aprimorada” do modelo Prova de stake e funciona em conjunto com os tokens WAVES. Em vez de executar um node completo, os usuários podem “alugar” seus tokens para os nodes completos que mantêm a rede operacional, à taxa de 0,002 WAVES por aluguel. Depois que 1.000 tokens WAVES são adquiridos, um node de stake completo é criado. Mesmo se um usuário não tiver a quantidade necessária de tokens, ele/ela pode participar do stake alugando seus tokens para uma pool de mineração.

Disponibilidade do Waves Token e História do Projeto

Em dezembro de 2018, a capitalização de mercado do Waves foi avaliada em mais de US$ 178 milhões, abaixo dos US$ 1,7 bilhão que tinha em dezembro de 2017. A quantidade de tokens em circulação é limitada a 100.000.000 WAVES. O Waves ICO ocorreu de abril a maio de 2016, com US$ 16,4 milhões arrecadados no processo. Os tokens estão disponíveis para negociação nas exchanges de criptomoedas como Binance, Bittrex e outras.

O fundador e CEO da plataforma Waves é Sasha Ivanov, um físico teórico da Ucrânia, que trabalhou no desenvolvimento de software e plataformas de pagamento pela Internet e soluções de previsão de rede neural. Antes de iniciar o projeto Waves, Ivanov esteve envolvido na criação da exchange instantânea de criptomoedas Coinomat.com, bem como no desenvolvimento da plataforma Nxt que serviu de “inspiração” para a criação do Waves.