O que é o Metaverso?

O metaverso é algo como um mundo virtual, paralelo ao nosso universo físico, que se passa na Internet. E embora tenha sido conceituado a partir da literatura de ficção científica, atualmente é uma forma de identificar um ecossistema em ascensão, onde todos que possuem uma conexão com a web podem interagir em tempo real e em três dimensões, além das criptomoedas também estarem desempenhando um papel protagonismo nela. 

O metaverso é uma experiência imersiva dentro da Internet e pode ser acessado a partir de um simples computador ou com alguns dispositivos de última tecnologia, como óculos VR (ou seja, realidade virtual), permitindo que nos movamos em ambos os espaços (o real e o virtual) simultaneamente.

Para que é ou será o metaverso?

O metaverso é uma poderosa ferramenta tecnológica que nos ajuda a interconectar e fazer muitas das coisas que fazemos no mundo físico, mas em casa.

No metaverso, cada indivíduo físico pode ter uma identificação virtual mais uma representação gráfica (avatar). Conectando-se à Internet você pode assistir a shows, ter uma reunião de trabalho, assistir a aulas ou até encontrar amigos para conversar ou tomar um café.

É aqui que as criptomoedas desempenham um papel importante e é nesses mundos virtuais que a economia pode ser baseada em algum token, bem como na possibilidade de usar personagens, roupas, carros e até ter animais de estimação graças aos NFTs.  

Atualmente já existem pessoas que estão gerando renda graças a tarefas, aplicativos e jogos que são realizados nos metaversos. Muitas empresas estão comprando terrenos nesses espaços virtuais para montar seus próprios negócios ou para alugá-los a terceiros como um exercício imobiliário tradicional.   

Por que o metaverso é importante?

O metaverso é importante hoje, com base no grande número de desenvolvimentos que estão acontecendo e já em execução. Empresas conhecidas estão projetando ecossistemas neste novo espaço, que deve ser infinito:

Alguns projetos que já estão funcionando no metaverso: 

  • Decentraland
  • The Sandbox
  • Sky Mavis
  • Meta (anteriormente Facebook)
  • Workrooms
  • Nvidia
  • Omniverse
  • Roblox
  • Epic Games Fortnite
  • JP Morgan

Quem cunhou o termo metaverso?

O termo metaverso foi cunhado pelo escritor americano de ficção científica Neal Town Stephenson, em seu romance de 1992, Snowcrash. Na peça, Hiroaki Hiro, o protagonista, é um jovem que leva uma vida dupla: é entregador de pizza na vida real e samurai no metaverso.

Metaverso é a contração do prefixo "meta" que em latim significa "além" com universo, definido como "tudo o que tem existência física, na Terra e fora dela".

O metaverso é o futuro?

Sim. O metaverso é o futuro, mas também é o presente. É a tecnologia que está sendo desenvolvida para fornecer ferramentas, infraestrutura, produtos, dispositivos e aplicativos capazes de criar uma verdadeira rede de experiências ainda não totalmente imaginadas.

Atualmente empresas como o Walmart, especializada em varejo, registrou pedidos de patentes para criar sua própria moeda e gerar um mundo virtual de compras, enquanto a firma Ralph Lauren já tem sua primeira loja virtual em Zepetto, um metaverso em formação.

Outro campo em plena expansão é o design de cidades e a contribuição da inteligência artificial para elas, o metaverso permite que sejam realizados estudos demográficos e de campo, mas a partir de uma seção virtual. De fato, cidades como Cingapura, Xangai e Nova Zelândia estão se unindo à ideia de cidade inteligente a partir das novas oportunidades geradas pelo metaverso.

No metaverso existem infinitas interações que ocorrem a partir de elementos vitais neste mundo, como criptomoedas, contratos inteligentes e blockchains.

____

Leia Mais:

- Starbucks pretende entrar em negócios NFT

- Cerca de 50% dos proprietários de criptomoedas ​​fizeram sua primeira compra em 2021 - Gemini