Como é ser minerador de bitcoins em tempo integral

Nick Sears tem apenas 19 anos, mas em apenas dois anos ele conseguiu construir uma carreira como minerador de bitcoin (BTC) em tempo integral. Ele supostamente ganha $54.000 por ano, recusando a faculdade e morando em um quarto localizado dentro de uma fazenda de mineração de criptomoedas.

Fonte: SCATE Ventures, screenshot de vídeo do Youtube 

Sears, que tinha 17 anos de idade quando participou na construção da fazenda, disse à CNBC que ele ocupa um quarto com bloqueio sonoro dentro de uma fazenda em Dallesport, Washington, e é responsável por assegurar um bom funcionamento de 4.500 máquinas Bitmain e Whatsminer.

“Não consigo ouvir as máquinas quando fecho minha porta, mas elas definitivamente fazem barulho se eu estiver com a porta aberta”, disse ele, acrescentando que os 80 decibéis de ruído gerados por cada um dos dispositivos não o desencorajaram de ficar na fazenda, já que preferia ficar perto da ação e evitar o deslocamento diário para as instalações.

“Não penso em ir para a faculdade, apenas buscar mais conhecimento em reparos de mineradoras”, de acordo com Sears, que admite que passou praticamente todos os dias dos últimos dois anos adquirindo conhecimento sobre como funcionam os equipamentos de mineração e como corrigi-los. O técnico líder acrescentou que tem certificação em reparação e manutenção, e o que que tem feito ultimamente é aperfeiçoar as suas competências nessa categoria.

Thomas Heller, Diretor de Negócios da Compass Mining, que trabalha com o empregador da Sears, a SCATE Ventures, disse que lidar com o ruído e o calor é crucial para iniciar uma carreira de sucesso na mineração de criptos.

“Há tanta ação acontecendo. É muito legal entrar em um data center que está minerando bitcoin pela primeira vez, porque você pode realmente conectar os aspectos intangíveis do bitcoin como uma moeda, com a natureza física dessas máquinas que consomem energia e fazem esses cálculos”, disse Heller à CNBC .

A SCATE Ventures diz que a fazenda de mineração da empresa está equipada com uma superfície de 50.000 pés quadrados (4.645 m²) e uma capacidade de 10 MW.

Na fazenda, a equipe da empresa “aprendeu como gerenciar e otimizar as necessidades exclusivas de eletricidade e refrigeração de 7.500 Bitmain S9 em uma ampla variedade de cenários de temperatura. Desde que voltamos nosso foco para resfriamento por imersão, testamos e continuamos testando hardware de nova geração (S19, M30 e M31s, etc.)”, disse a SCATE Ventures.

Para Sears, um dia típico começa às 7h e ele trabalha das 8h às 16h. Depois disso, ele permanece no local em caso de emergência, mas os reparos do turno da noite são feitos por outro técnico. Dito isso, cada dia traz um conjunto diferente de desafios, diz ele.

"Essa é a coisa legal sobre este trabalho - eu não tenho uma rotina definida que faço todos os dias", disse ele. "Todas as manhãs, encontro o que precisa ser consertado", portanto, se "tivermos que consertar uma câmera, talvez eu esteja consertando um cabo".

“Todos os dias, você encontra as máquinas que pararam de fazer hash, depois as remove do rack e soluciona o problema”, explicou ele, acrescentando que às vezes tudo o que é necessário é um ciclo de energia ou uma reinicialização, mas que outras vezes, o problema pode estar relacionado aos próprios hashboards ou mesmo às mudanças sazonais do clima que podem causar superaquecimento e quedas de energia.

Além de seu salário anual de $54.000, Sears também se beneficia de seguro saúde integral e um bônus trimestral de cerca de BTC 0,02 ($797) devido ao fato de que sua empresa opera algumas máquinas exclusivamente para seus funcionários.

“Com todos os mineradores da China saindo do ar, a taxa de dificuldade mudou, então as recompensas são maiores”, disse Sears. “Da última vez, recebemos um pouco mais do que na anterior, o que é legal para mim.”

Scott Bennett, CEO da SCATE Ventures, é um minerador autodidata que lançou a empresa na garagem de seus pais em 2017 e usa a proximidade da instalação com o Rio Columbia e a Barragem de Dalles para obter energia renovável para a fazenda.