Mãe Inicia Firma de Consultoria em Criptomoedas, Ganha até US$ por Mês

Brenda Gentry, uma mãe de dois filhos de 46 anos, começou a investir em criptoativos durante o estágio inicial da pandemia do coronavírus. Em Outubro, ela decidiu deixar seu emprego como seguradora de hipotecas e se concentrar em criptografia em tempo integral, construindo uma consultoria de sucesso que, segundo Gentry, lhe traz uma renda considerável de até US$ 80.000 por mês.

Ela vê a criptografia como um meio de acumular riqueza e passá-la para suas duas filhas, Cynthia, 23, e Imani, 19. A mãe diz que a família está animada com as “oportunidades sem precedentes oferecidas pelas criptomoedas”, conforme relatado pela CNBC.

Gentry ganhou confiança em suas habilidades de negociação de criptografia no início de 2021, quando seus ganhos excederam os retornos gerados por seu veículo de poupança para a aposentadoria.

“Minha carteira de investimentos ultrapassou meu 401 (k) - que levou 11 anos para chegar a US$ 200.000 - em seis meses”, disse ela à CNBC. 

Gentry reconhece que os investimentos em criptografia são arriscados, mas sua experiência em finanças e due diligence permite que ela se sinta confortável em investir em tais ativos.

Sua empresa, Gentry Media Productions, assessora projetos de finanças descentralizadas (DeFi) e tokens não fungíveis (NFT), e Gentry normalmente ganha entre 10 ETH (US$ 40.000) e 20 ETH (US $ 80.000) no seu negócio por mês. Em seu trabalho anterior no grupo de serviços financeiros United Services Automobile Association (USAA), ela estava ganhando cerca de US$ 75.000 por ano.

“Cripto é sobre liberdade financeira”, ela disse. “A maioria das pessoas que não tinham acesso a empréstimos com financiamento tradicional por causa de limitações de crédito agora podem investir em criptomoedas e conseguir fazer empréstimos a partir dela.”

É digno de nota que a nova carreira de criptomoedas de Gentry permitiu que ela ganhasse segurança financeira, mas também a estendesse para sua família. Em Setembro, ela ajudou seus pais a se aposentarem.

A história de Gentry faz parte de uma tendência maior, já que uma recente pesquisa indica que os criptoativos são uma fonte crescente de liberdade financeira e de trabalho nos Estados Unidos, proporcionando níveis de renda que mudam a vida de um número cada vez maior de pessoas.

Da mesma forma que o morador de San Antonio, 11% dos respondentes da pesquisa relataram que pediram demissão pessoalmente, ou conheciam alguém que o fez, como resultado de seus investimentos em criptoativos como bitcoin (BTC) e ethereum (ETH).
____
Leia mais: 
- Previsões de preços de Bitcoin e Ethereum para 2022
- Metaverso é uma 'Grande Oportunidade' - Estrategista Cripto do BofA