22 Jul 2022 · 1 min read

Agrotoken e Visa chegam ao agronegócio do Brasil

A startup argentina Agrotoken chega ao Brasil para atuar em um dos segmentos mais fortes e importantes da economia brasileira, o agronegócio. A empresa pretende digitalizar o agro com foco nas produções de trigo, milho e soja. 

A primeira operação no Brasil da Agrotoken foi realizada em parceria com a AgroGalaxy. A meta da empresa é ambiciosa: digitalizar cerca de 100 mil toneladas de grãos até o final do ano.

Eduardo Novillo Astrada, CEO e cofundador da Agrotoken, explicou,

A tecnologia da Agrotoken vai permitir realizar diversas operações por meio de ‘grãos digitais’, desde pagamentos cotidianos a compras de grandes insumos e equipamentos. Além disso, os clientes poderão fazer consultoria em tempo real sobre o índice de valor de grãos e solicitar empréstimos.

Os criptoativos da Agrotoken valerão a mesma coisa em todo o território nacional. Os tokens manterão valor comum, conforme preço indexado a índices aceitos pelo mercado para cada commodity. A tokenização poderá garantir previsibilidade para os produtos e captação de recursos. 

A Agrotoken também olha para os investidores de varejo, que poderão investir diretamente na commodity da sua escolha e até utilizar os criptoativos como meio de pagamento. Para isso, a empresa fechou uma parceria com a Visa.

“Em posse do cartão, nossos clientes podem pagar compras, sem a necessidade de intermediários, em mais de 80 milhões de estabelecimentos conveniados no mundo. Além disso, o agricultor poderá manter registro de todas as suas transações, facilitando a sua contabilidade e a tomada de decisões”, diz o CEO Eduardo Novillo Astrada.

----------

Leia mais:

A Tesla obteve lucro com seu investimento em Bitcoin?

Banco Central Europeu eleva juros pela primeira vez em 11 anos

 

---------------------