BlackRock compra 11.500 BTC após aprovação de ETFs de Bitcoin

Killian A.
| 4 min read

Há indícios de que a BlackRock teria comprado 11.500 BTC da oferta disponível. A compra ocorreu durante a última queda de preços, desde o lançamento de ETFs de Bitcoin à vista.

Esse valor é bastante significativo, já apenas 900 BTC são emitidos diariamente, e a compra supostamente realizada pela BlackRock representou cerca de 13 dias de produção de Bitcoin. Isso tudo sendo absorvida por um único investidor. Assim, a BlackRock é a maior gestora de ativos do mundo. Essa grande compra de Bitcoin feita pela empresa demonstra a crescente aceitação do Bitcoin. Indica que o BTC está sendo visto como uma classe de ativos viável e promissora.

Nesse sentido, alguns especialistas acreditam que cerca de 46 mil BTC saíram do mercado, isso apenas nos últimos dias. Essa quantidade é bastante alta. Significa 25,5 vezes a produção diária de Bitcoin que é de 900 BTC.

BlackRock faz novo anúncio sobre os ETFs de Bitcoin


A BlackRock publicou um novo anúncio sobre os ETFs de Bitcoin à vista. Os anúncios parecem ter como alvo um público mais amplo além dos entusiastas das criptomoedas. O objetivo é promover seu ETF Bitcoin para mais investidores nos EUA. Instituições financeiras como a BlackRock e a Fidelity estão empenhadas em divulgar os produtos criptos aos investidores.

Enquanto isso acontece, o mercado também antecipa as entradas massivas que estão sendo trazidas pelos ETFs de Bitcoin.

SEC aprova ETFs de Bitcoin


Além disso, após a SEC aprovar os pedidos de ETF de BTC à vista, o ETF Fidelity Advantage Bitcoin (FBTC) acumulou US$ 422,3 milhões. O Bitwise (BITB) também teve um impacto significativo, atraindo US$ 237,90 milhões em investimentos.

Composição do ETF da BlackRock. Fonte: iShares

Já o Grayscale Bitcoin Trust (GBTC), que já existia, registrou uma saída de US$ 579 milhões durante o mesmo período. Esta mudança é em partes atribuída ao fato de que os investidores estão optando pelos novos ETFs Bitcoin. Isso porque oferecem taxas mais baixas.

Isso está alinhado com as previsões dos principais analistas de ETFs. Eles previram que os ETFs Bitcoin poderiam atrair cerca de US$ 10 bilhões. Isso apenas em seu primeiro ano de operação.

O Grayscale Bitcoin Trust (GBTC) é um dos maiores detentores de Bitcoin. Isso porque está administrando mais de US$ 27 bilhões.

Halving do Bitcoin se aproxima


Em breve ocorrerá um dos eventos mais importantes para o Bitcoin, o halving. Com o halving, as recompensas pela mineração de BTC caem pela metade. Espera-se que o próximo halving ocorra em breve. A recompensa do bloco cairá para 3,125. Ao longo do tempo, o impacto de cada halving diminuirá. Isso acontecerá à medida que a recompensa do bloco se aproximar de um satoshi.

Depois que a rede extrai 210.000 blocos, o que acontece, por exemplo, em aproximadamente quatro anos, a recompensa por bloco dada aos mineradores de Bitcoin pelo processamento de transações é reduzida pela metade.

Este evento é chamado de halving porque há redução pela metade da taxa de novos bitcoins circulando. O sistema de recompensas continuará até atingir cerca de 2140, quando o limite de 21 milhões de moedas for atingido.

Em suma, tão logo que isso acontecer, os mineradores de BTC recebem recompensas ​​com taxas por processar transações, que os usuários da rede pagarão. O evento de halving  é muito importante, porque marca a queda na taxa de novos Bitcoins produzidos à medida que se aproxima de seu fornecimento finito.

Efeitos do halving

Um exemplo disso é que a recompensa para cada bloco minerado era de 50 BTC. Isso foi em 2009. Em outubro do ano passado, cerca de 19,5 milhões de bitcoins estavam em circulação.  A mineração de Bitcoin faz com que as pessoas possam participar da rede blockchain. A participação se dá como processador e validador de transações.  O Bitcoin usa um sistema chamado prova de trabalho (PoW). Esse é o sistema para validar as informações da transação.

É chamado assim porque resolver o hash criptografado leva tempo e energia, o que funciona como prova de que o trabalho foi realizado. Após o halving, é provável que, a médio ou longo prazo, haja menos BTC disponível. Isso significa que o preço do BTC pode aumentar. Isso resultará em uma movimentação para todo o mercado.

Com o halving do Bitcoin chegando, o mercado de criptomoedas está em um momento mais positivo. Todos estes fatores estão deixando os investidores e traders animados novamente com o sucesso do Bitcoin.

Leia mais: