Hack Bitfinex: Conheça o casal que se dizem 'Empreendedores' acusados de Lavagem de Bitcoin

Um casal autoproclamado "empreendedores em série" recebeu fiança de um juiz dos EUA por uma suposta conspiração de lavar US$ 4,5 bilhões em bitcoin (BTC) roubado do hack de 2016 da grande exchange de criptomoedas Bitfinex.

O casal em questão é Heather Morgan, 31, colaboradora da Forbes and Inc, que também se autodenomina a “Crocodilo de Wall Street”, e seu marido Ilya Lichtenstein, 34, um “desenvolvedor Web3”.

O juiz de Nova York estabeleceu fiança para Morgan em US$ 3 milhões e para Lichtenstein em US$ 5 milhões. 

Morgan parece ser uma empresária de marketing com várias assinaturas em importantes meios de comunicação. De acordo com seu perfil no LinkedIn, Morgan é mestra em desenvolvimento econômico internacional pela American University no Cairo, Egito, e bacharel em relações internacionais pela University of California, Davis, EUA.

“Vou contar meu segredo para transformar sonhos em realidade”, disse em um vídeo do TikTok. “Comecei minha empresa aos 23 anos e a transformei em um negócio multimilionário sem nenhum financiamento externo. Eu não tinha ligações. Eu não fui para uma escola da Ivy League e não fui financiada por fundos fiduciários. Como eu fiz isso? Aprendi uma estrutura simples no Vale do Silício com alguns dos principais empreendedores que agora são bilionários. É assim: automatizar, eliminar, delegar.”

Em um artigo intitulado “Especialistas compartilham dicas para proteger seus negócios contra criminosos cibernéticos”, ela disse que “criminosos cibernéticos e fraudadores estão se aproveitando” da interrupção causada pela pandemia do COVID-19 , que levou “a um aumento nos golpes e crimes cibernéticos”." Ela também forneceu algumas dicas para empresas sobre como se manter segura online.

Em seu site, Razzlekhan – “como Genghis Khan, mas com um toque mais especial” – Morgan se autodenomina uma artista, alegando que sua arte “muitas vezes se assemelha a algo entre uma viagem de ácido e um pesadelo delicioso” e que “definitivamente não é para os fracos de coração ou facilmente ofendidos."

Ela também parece ser fã de rap e é uma espécie de rapper – embora nem todo mundo seja fã de sua arte ou rap.

Por outro lado, o parceiro de Morgan, Lichtenstein, é empresário de tecnologia e fundador da startup de blockchain Endpass, um aplicativo de gerenciamento de senhas offline de plataforma cruzada que busca "armazenar senhas com segurança" para "deter fraudes e terrorismo". Este produto foi projetado para resolver "problemas de identidade e autenticação descentralizada". 

Ele não parece ter muita presença nas mídias sociais, mas tem sido ativo em alertar outras pessoas sobre hacks e golpes.

O casal foi preso por policiais federais na cidade de Nova York na terça-feira depois que as autoridades obtiveram acesso a arquivos em uma conta online controlada por Lichtenstein que continha as chaves privadas de 94.000 BTC (US$ 4,1 bilhões) que haviam sido roubados da Bitfinex.

De acordo com um anúncio do Departamento de Justiça (DOJ), o hacker da Bitfinex enviou 119.754 BTC para uma carteira digital sob o controle de Lichtenstein depois que eles conseguiram violar os sistemas da exchange em 2016.

"Nos últimos cinco anos, aproximadamente 25.000 desses bitcoins roubados foram transferidos da carteira de Lichtenstein por meio de um complicado processo de lavagem de dinheiro que terminou com alguns dos fundos roubados sendo depositados em contas financeiras controladas por Lichtenstein e Morgan", disse o DOJ.

O juiz estabeleceu fiança para o casal, mas eles ainda podem pegar um máximo de 25 anos de prisão, de acordo com o DOJ.

____

Reações:

_____
Leia Mais:

- AXS e SLP em Alta conforme Axie Infinity revela Reformulação Econômica

- As pessoas vão passar 1 hora por dia no Metaverso daqui quatro anos, prevê Gartner