3 Principais Comentários sobre Criptomoedas do Presidente do Fed

O presidente do Federal Reserve (Fed) dos EUA, Jerome Powell, discutiu a resposta do banco central ao COVID-19 e a estabilidade financeira, entre outras questões, durante seu depoimento de renomeação na terça-feira em frente ao Comitê Bancário do Senado. Ele também fez vários comentários que podem potencialmente ter um impacto no mercado de criptomoedas – e aqui estão os 3 principais. 

A Era das Taxas de Juros Baixas Permanece 

O senador Sherrod Brown (D-Ohio), presidente do Comitê Bancário, iniciou a reunião elogiando Powell em seu discurso de abertura. No entanto, ele fez alguns comentários severos em relação à criptomoedas, chamando a indústria de "risco sistêmico" para a economia.

“O Fed precisa levar a sério os riscos sistêmicos que ameaçam nosso progresso econômico, como criptomoedas e stablecoins e, mais importante, as mudanças climáticas”, disse Brown, acrescentando que as bolhas criptográficas são comparáveis ​​aos esquemas arriscados de Wall Street.

Enquanto isso, Powell, em seu discurso de abertura, destacou alguns dos problemas que atualmente estão afetando negativamente a economia. Ele enfatizou principalmente a inflação, dizendo que o banco central usará "ferramentas para apoiar a economia e um mercado de trabalho forte e impedir que a inflação mais alta seja consolidada".

No entanto, ele observou que,

"Nós estivemos e provavelmente continuamos em uma era de taxas de juros muito baixas", disse Powell, acrescentando que a inflação pode persistir bem acima da meta do Fed.

Isso é otimista para ativos de risco, como criptomoedas, que geralmente são atingidos quando o Fed aumenta (ou até anuncia planos futuros para o aumento) das taxas de juros.

Relatório de Moeda Digital do Fed

Quando perguntado sobre o tão esperado relatório de moeda digital do Fed, Powell afirmou que o relatório será divulgado dentro de semanas.

"O relatório realmente está pronto para ser publicado e espero que o lancemos, odeio dizer isso de novo, nas próximas semanas", disse ele.

Espera-se que o relatório se concentre principalmente nas moedas digitais do banco central (CBDC), que o Fed está analisando "com muito cuidado" desde o início do ano passado. No entanto, também pode mencionar outros aspectos da criptografia, particularmente problemas com as stablecoins de emissão privada.

Powell também disse que o relatório pedirá feedback do público.

"E, a propósito, será mais um exercício de fazer perguntas e buscar informações do público, em vez de tomar muitas posições sobre várias questões, embora tomemos algumas posições", disse ele.

Dólar Digital e Stablecoins podem Coexistir 

O senador Pat Toomey (R-Pa.) expressou preocupação com o uso de um CBDC de tal maneira "que os americanos individuais tenham contas de varejo no Fed e o Fed se torne o banqueiro de varejo da América". Ele argumentou que o banco central não tem tais capacidades, com as quais Powell concordou.

Toomey também perguntou a Powell se um dólar digital seria projetado de forma a derrubar stablecoins privadas.

“Se o Congresso autorizasse o Fed a criar um dólar digital de banco central, tem algo que impediria stablecoins emitidas de forma privada de coexistir com um dólar digital de banco central?," Toomey disse.

“Não, de forma alguma”, respondeu Powell.

Embora esta seja uma postura muito menos agressiva em relação às stablecoins, Powell nem sempre manteve esse ponto de vista. Em julho, ele argumentou que os EUA poderiam eliminar a necessidade de ativos digitais, particularmente stablecoins, ao emitir um CBDC.

“Em particular, você não precisaria de stablecoins, você não precisaria de criptomoedas se tivesse uma moeda digital dos EUA – acho que esse é um dos argumentos mais fortes a seu favor”, afirmou na época.

____

Leia Mais:

- Primeiro ATM Bitcoin e BNB do Uruguai é um Sucesso Instantâneo - Mais de 1.000 Transações nas Primeiras Horas

- Lendário Investidor Bill Miller injeta 50% do seu Capital em Bitcoin e Altcoins