. 3 min read

Após um primeiro trimestre difícil, a Coinbase espera que este seja ainda mais lento

A grande  exchange de criptomoedas Coinbase está se preparando para um segundo trimestre financeiro lento – observando que a volatilidade e os preços das criptomoedas caíram no mês passado – prevendo uma continuidade da queda de usuários e no volume de negócios no segundo trimestre do ano fiscal de 2022.

Em sua última carta aos acionistas, a empresa revelou que os volumes negociados caíram 44% no primeiro trimestre, registrando lucros abaixo do esperado.

O número de usuários de transações mensais (MTUs), clientes que fazem transações ativas ou passivas pelo menos uma vez por mês caiu quase 20% para 9,2 milhões (abaixo dos 11,4 milhões no último trimestre do ano fiscal passado), mas a Coinbase está se preparando para mais quedas nessa frente, escrevendo em sua perspectiva:

“Acreditamos que os MTUs serão menores no segundo trimestre em comparação com o primeiro trimestre”.

A empresa também disse que acredita que o volume total de negócios “seria menor no segundo trimestre em comparação ao primeiro trimestre” e disse que espera que a “receita de assinaturas e serviços” seja semelhante a um pouco menor no segundo trimestre em comparação ao primeiro trimestre.

A empresa afirmou que uma tendência “contínua” de “preços de criptoativos mais baixos e volatilidade” que remonta ao “final de 2021” foi o motivo da desaceleração. Mas a empresa afirmou estar convencida de que tais “condições de mercado” não eram “permanentes” – o que significa que a Coinbase poderia “permanecer focada no longo prazo”.

A queda no volume de negócios, acrescentou a Coinbase, foi “consistente com o mercado spot de criptomoedas mais amplo”.

Em sua chamada de ganhos (transcrita por The Motley Fool), o CEO da Coinbase, Brian Armstrong, afirmou:

“Nós […] tendemos a ver o período de baixa como uma grande oportunidade, porque somos gananciosos quando os outros estão com medo. Costumamos ser capazes de adquirir grandes talentos durante esses períodos e os outros giram, se distraem, desanimam. E assim tendemos a fazer nosso melhor trabalho em um período de baixa. Eu nunca estive tão otimista sobre onde estamos como empresa. E acho que é realmente importante separar nosso desempenho, como estamos executando nossos objetivos e como está o mercado mais amplo.”

Em fevereiro, a exchange de criptomoedas ajustou suas perspectivas para MTUs trimestrais, volume de negócios e receitas mais baixos. Mas o prejuízo líquido de US$ 430 milhões parece ter assustado os investidores da empresa – com os preços das ações caindo quase 16% no mercado de ações NASDAQ nas negociações após o expediente.

Enquanto isso, os mercados de criptomoedas estão em grande parte vermelhos hoje. Às 8:16 UTC, bitcoin (BTC) caiu 3,5% em um dia e quase 19% em uma semana, sendo negociado a US$ 30.666. Ao mesmo tempo, o ethereum (ETH) está sendo negociado a US$ 2.323, depois de cair 2,6% no dia e quase 17% em uma semana.

____

Leia Mais:

Nova geração de investidores de criptomoedas assume a responsabilidade, diz investidor de tecnologia

2 em cada 10 pessoas em El Salvador ainda usam a aplicação Chivo Bitcoin do governo – Pesquisa